• Jornal Esporte e Saúde

Curso encerrado no Dia do Orgulho Autista


O curso terminou nesta sexta-feira

Foto: Divulgação/Secretaria de Educação


A rede municipal encerrou nesta semana a formação online "TEA - Possibilidades e desafios inclusive em tempos de pandemia". O curso, voltado para temática da inclusão, chegou à fase final na semana em que se celebra o Dia do Orgulho Autista, cuja data alusiva é nesta sexta-feira (18). De acordo com o levantamento do ECidade, a rede municipal conta com 397 alunos com Transtorno do Espectro Autista-TEA.



A programação, organizada pela Coordenação de Educação Inclusiva em parceria com o Centro de Formação Continuada Professora Carolina Garcia (CFCG), recebeu 50 participantes de municípios como Macaé, Cabo Frio, Niterói, Rio das Ostras e adjacências. O objetivo do curso é oferecer ferramentas e subsídios para apoiar o atendimento e a interação com indivíduos dentro do espectro autista, através de propostas envolvendo diversificados artigos científicos, livros acadêmicos, estudos de caso, gamificação e outros recursos virtuais. Segundo a Secretária de Educação, Eliane de Araújo, a mobilização dos profissionais e da comunidade escolar é essencial para contribuir com a inclusão e processo de ensino. "Cada vez mais a rede municipal vai investir em formações como esta", ressalta. O curso contou com mediação das professoras Garrolice Alvarenga, Lucieid Garcia, Alessandra Bastos, Patrícia Guimarães e Sara Lopez. Foram abordados conteúdos como: Conceito de TEA e principais características; protocolos importantes no ambiente escolar: relatórios, parecer pedagógico, diagnóstico (estudos de caso); disfunção sensorial dos alunos com TEA; sugestões de abordagens para integração Sensorial e Estratégias e elaboração do PEI-Plano Educacional Individualizado. A rede municipal tem 107 escolas e 58 contam com salas de recursos multifuncionais, onde é realizado Atendimento Educacional Especializado, com professor especialista, sempre em contraturno das aulas. O Dia do Orgulho Autista é celebrado no dia 18 de junho e foi criado nos Estados Unidos para reconhecer o potencial das pessoas que possuem o Transtorno do Espectro Autista, condição caracterizada por padrões de comportamento repetitivos e dificuldade de interação social.


* Jornalista: Joice Trindade \ Prefeitura de Macaé\Secretaria de Comunicação Social\Coordenadoria de Jornalismo.


Patrocinado:






9 visualizações0 comentário