• Jornal Esporte e Saúde

Com gol de Cano, Fluminense empata com o Flamengo, e conquista o Campeonato Carioca!

Após vencer por 2 a 0 o jogo de ida, Fluminense empata com o Flamengo e garante o 32º título estadual. Germán Cano, com mais um gol, foi o nome da conquista tricolor!


Artilheiro tricolor: Germán Cano marcou e garantiu o título do Flamengo (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.)

A terceira vitória sobre o Flamengo no Estadual não veio, mas o Fluminense, com o empate em 1 a 1, conquistou de forma incontestável o Campeonato Carioca de 2022. Dono da melhor campanha e da melhor defesa, o time de Abel Braga superou o rival no confronto de 180 minutos no embalo de Germán Cano, autor de três gols nas finais. Faça o L e a festa imediatamente, tricolor!


O título do Carioca, que não vinha para Laranjeiras desde 2012, tem outros nomes de destaques. Sob o comando de Abel Braga - questionado após a eliminação na Libertadores -, o Tricolor contou com atuações seguras de David Braz e Nino neste sábado, além do domínio do meio de campo com André, Yago Felipe e Ganso.


Do outro lado, os clássicos contra o Fluminense expõem o trabalho de Paulo Sousa, que não conseguiu fazer o Flamengo apresentar um futebol após três meses de trabalho. Tecnicamente, os jogadores também estão devendo. Bruno Henrique, Filipe Luís, Gabigol... As estrelas não fizeram boas partidas.

Encerrado o Campeonato Carioca, a dupla Fla-Flu já tem compromissos pelas competições internacionais no meio de semana. O Fluminense recebe o boliviano Oriente Petrolero, nesta quarta no Maracanã, pela Copa Sul-Americana. Já o Flamengo, na terça, visita a Universidad Católica, em Santiago.


FLAMENGO NA BASE DA INDIVIDUALIDADE Precisando reverter o placar, Paulo Sousa fez mudanças na equipe, tirando os experientes Willian Arão e Everton Ribeiro e apostando em Andreas Pereira e Lázaro. Nomes à parte, o Flamengo repetiu os problemas apresentados no primeiro jogo, com o Fluminense encontrando espaços no meio de campo. E, ofensivamente, o Rubro-Negro pouco fez. A verdade é que o Tricolor era melhor na partida quando a "casquinha" de Bruno Henrique, de cabeça, colocou Arrascaeta no mano a mano com Manoel. O camisa 14 avançou, e, dentro da área, encontrou Gabigol: 1 a 0 aos 28 minutos. Tudo aberto na final.

CANO, SEMPRE ELE, DEIXA TUDO IGUAL! O gol deixou o clima favorável ao Flamengo, que ameaçou uma pressão. Mas, aos poucos, o time de Abel Braga voltou a ter boa movimentação com a bola. David Braz foi o primeiro a ameaçar, com chute que passou por cima da meta. Assim, o gol de empate, após tabelinha com Ganso, Jhon Arias chegou à linha de fundo e cruzou para trás. Cano, que até então tinha participado bem do jogo, mas longe da área, finalizou de primeira para marcar seu sétimo gol no Carioca. A bola ainda desviou em Filipe Luís antes de entrar, "matando" Hugo.


TENSÃO TOTAL, CHANCES E PÊNALTI PERDIDO! A tensão no Maracanã aumentou assim que a etapa final teve início. Mesmo sem mudanças, o Flamengo partiu para cima e levou perigo à área rival com boa jogada de Lázaro e em cabeçada de João Gomes, na rede pelo lado de fora. O Fluminense respondeu de imediato, com Yago Felipe lançando Cano. A finalização do atacante bateu na mão de Filipe Luís. O árbitro Bruno Arleu de Araújo, após ir à cabine do VAR, confirmou o pênalti. A cobrança do atacante argentino foi no meio de gol, e Hugo, caído para a direita, defendeu com o pé.


PLACAR INALTERADO: FESTA TRICOLOR! A partir do pênalti perdido, o Flamengo teve a posse de bola e ocupou o campo ofensivo, mas as foram raras as chances claras do Rubro-Negro. Foram várias substituições, dos dois lados, o que não alterou em nada o cenário do clássico. O time de Abel Braga soube se defender e, contando com boas intervenções de Fábio, segurou o resultado que garantiu o 32º título estadual. Festa tricolor! Antes do apito final, contudo, houve tempo para uma confusão e empurra-empurra em campo, com as expulões dos atacantes Bruno Henrique e Fred.


FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1X1 FLAMENGO Data/Hora: 02/04/2022, às 18h Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ) Árbitro: Bruno Arleu de Araújo Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Carlos Henrique Alves de Lima Filho VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga Gols: Gabigol (0-1, 28'/1ºT) e Cano (1-1, 43'/1ºT) Cartão amarelo: David Braz, Cris Silva, André e Luiz Henrique (FLU); Gabigol, David Luiz, João Gomes (FLA) Cartão vermelho: Fred (FLU); Bruno Henrique (FLA) Renda/Público: R$ 2.938.488,00 64.709 pagantes / 67.754 presentes

FLUMINENSE (Técnico: Abel Braga) Fábio; Nino, Manoel e David Braz; Calegari (David Duarte, 23'/2ºT), André, Yago Felipe (Nonato, 34'/2ºT) e Cris Silva; Ganso (Martinelli, 23'/2ºT); Jhon Arias (Luiz Henrique, 27'/2ºT) e Germán Cano (Fred, 34'/2ºT)

FLAMENGO (Técnico: Paulo Sousa)

Hugo Souza; Gustavo Henrique (Willian Arão, 29'/2ºT), David Luiz e Filipe Luís; Rodinei (Matheuzinho, 18'/2ºT), João Gomes, Andreas Pereira (Everton Ribeiro, 7'/2ºT) e Lázaro (Pedro, 18'/2ºT)); Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.

* https://www.lance.com.br/futebol-

1 visualização0 comentário