• Jornal Esporte e Saúde

Campanha Damas Silenciadas

A produção é uma realização do Coletivo Pretas de Frente



No dia 12 de março, às 14h, acontecerá, no Ateliê Bonifácio, na Rua do Senado, no 47, Centro do Rio, o lançamento da Campanha Damas Silenciadas. O movimento é inspirado no caso da rapper e professora Jamille Suahs, que faleceu em janeiro de 2022 após quatro meses internada com 60% do corpo queimado, pelo ex-companheiro, em Rio das Ostras, no Rio de Janeiro. Jamille, que é a fundadora do grupo NegAtiva (um dos pioneiros do Hip Hop feminino carioca, que fez parte da coletânea Hip Hop Rio de Marcelo D2) deixa duas filhas gêmeas, portadoras do espectro autista e menores de idade.


Sabe-se que, em 90% dos casos de violência contra a mulher, o agressor não é punido, principalmente quando o caso resulta em óbito. E com a rapper o quadro não foi diferente. Segundo o Coletivo Pretas de Frente, seu assassino encontra-se solto, não houve punição porque a família dele alterou toda cena do crime resultando na ausência de provas.

A campanha tem por norte os 5 elementos que compõem o Hip Hop, portanto nossas ações acontecerão de acordo com cada elemento:


Rap - Será realizada uma coletânea com várias mulheres cantado sobre o tema.

Grafitti - Será criado um mural grafittado com as mulheres do grupo NegAtiva, simbolizando a luta da violência contra mulher, na Lapa - Centro do Rio de Janeiro.

DJ - Mulheres Djs assinarão a produção da coletânea de rap Damas Silenciadas.

Break - Mulheres que dançam irão criar vídeos sobre a campanha.

E o 5º elemento, o Conhecimento contemplará as ações mais fundamentais da campanha, que envolvem rodas de conversas, lives, encontros, publicações literárias e eventos da Campanha Damas Silenciadas.


A produção da Campanha Damas Silenciadas é uma realização do Coletivo Pretas de Frente, criado com a missão dar visibilidade e protagonista as mulheres pretas em sua maioria oriundas de periferias e favelas, que possuem o empreendedorismo feminino como fonte de redução das desigualdades.



Conheça a programação especial de lançamento da Campanha e inscreva-se: https://www.sympla.com.br/lancamento-da-campanha-damas-silenciadas__1507979

Mais informações: @pretasdefrente

Apoio: Movimento Negro Evengélico– MNE, Jurisdrama - Faculdade de Direito da UFRJ, Rap de Mina, SEGOV_ Prefeitura do Rio de Janeiro, Pontes Advogados, Rap de Mina, FLISGO, Acesso Cultural, Gaia Assessoria de Comunicação.



* Roberta Pereira \ assessora de imprensa.



26 visualizações0 comentário