top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

SuperBike Brasil – Oitava etapa traz disputas acirradas em Londrina

Pedro Sampaio mantém liderança após oito etapas do SuperBike Brasil 2022


Pedro Sampaio, piloto apoiado pela Honda, mantém liderança da SuperBike Pro após oito etapas do SuperBike Brasil 2022 / Crédito: JCapreti/Mundo Press


Londrina (PR) – As corridas da oitava etapa do SuperBike Brasil, realizadas neste domingo (23/10), no Autódromo de Londrina (PR), foram marcadas por disputas acirradas. Pedro Sampaio manteve a liderança da principal categoria, a SuperBike Pro, com a motocicleta CBR 1000RR-R Fireblade SP. Ele confirmou o terceiro lugar na prova, seguido por Rafael Paschoalin, também apoiado pela Honda. Na Honda Jr Cup, Léo Marques venceu e ficou muito próximo do título inédito, em prova que teve outros dois ponteiros, Enzo Ximenes e Vitor Hugo Correa. João Carneiro, que já garantiu o bicampeonato da Copa Pro Honda CBR 650R, segue imbatível na categoria. No calendário do SuperBike Brasil após quatro anos de ausência, o circuito de Londrina trouxe como principais desafios o traçado técnico e o forte calor. Pedro Sampaio começou em primeiro lugar a corrida da SuperBike Pro, na frente de Paschoalin e do argentino Ramiro Gandola. Após ultrapassar Paschoalin na segunda volta, Gandola colocou pressão em Pedro Sampaio na briga pela liderança. Quando faltavam 11 voltas, a disputa entre os pilotos jogou Sampaio para a grama, e o gaúcho teve sangue frio para evitar uma queda, voltando na quarta posição.

Sampaio ainda conseguiu ultrapassar Paschoalin nos momentos finais, garantindo pontos importantes para o campeonato com o terceiro lugar na prova, de acordo com os resultados extraoficiais. Agora ele soma 166 pontos na primeira posição da tabela, 16 a mais que o segundo colocado. “Fez muito calor, com isso, a pista ficou escorregadia a corrida inteira. Consegui pontos muito importantes e mantive a liderança, agora vou treinar bastante e dar tudo de mim para ganhar em Goiânia (GO). O objetivo maior é levar o bicampeonato”, lembra o gaúcho, destacando a nona e penúltima etapa da competição, marcada para os dias 19 e 20 de novembro.

Por conta do forte ritmo na pista, Rafael Paschoalin ficou satisfeito com o desempenho em Londrina. “Nas outras etapas em vinha ficando em terceiro e dessa vez obtive o quarto lugar, mas estou satisfeito porque lutei bastante. Andei muito próximo dos ponteiros, me diverti e saio de cabeça erguida”, avalia. O paulista ocupa o terceiro lugar na classificação da SuperBike Pro, com 113 pontos ganhos.

Pela Copa Pro Honda CBR 650R, João Carneiro, bicampeão antecipado da categoria, segue invicto. “Estou muito contente com os meus resultados, foram oito vitórias até aqui e quero tentar levar todas até o final, para fechar com 100% de aproveitamento”, afirma o piloto de 18 anos. Fabrício Bandeira foi o mais rápido pela subcategoria Light, sendo que Chrystian Quick venceu na Master.

Como de costume, a corrida da Honda Jr Cup, divisão para pilotos entre oito e 16 anos acelerando a moto CG 160 Titan, foi uma atração à parte. Léo Marques venceu o ampliou a liderança, mas o caminho até o lugar mais alto do pódio não foi nada fácil, já que Enzo Ximenes e Vitor Hugo Correa se revezaram na liderança durante toda a prova.

Marques acompanhou a disputa de perto e esperou o momento certo para atacar, segurando a primeira posição até o final. Com o resultado, o líder está ainda mais perto da taça inédita. “Corri pensando no campeonato e agora posso já ser campeão em Goiânia. Estou muito feliz com essa vitória, vou rumo ao título”, avisa o jovem talento, que tem 179 pontos. Enzo Ximenes soma 142 pontos e Vitor Hugo Correa, 134. A Honda Jr Cup e a Copa Pro Honda CBR 650R têm o patrocínio da Honda e da Pro Honda. 8ª etapa do SuperBike Brasil 2022 Local: Autódromo Ayrton Senna – Londrina (PR)

Classificação após 8 etapas (três primeiros)

SuperBike / Categoria SuperBike Pro (extraoficial) 1 – #28 – Pedro Sampaio – 166 pontos – Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP 2 – #3 – Ramiro Gandola – 150 pontos 3 – #113 – Rafael Paschoalin – 113 pontos – Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP

Copa Pro Honda CBR 650R / categoria Pro 1 – #1 – João Carneiro – 208 pontos 2 – #85 – Gustavo Gão – 122 pontos 3 – #23 – Marcelo Simões “Bode” – 107 pontos

Copa Pro Honda CBR 650R / categoria Light 1 – #17 – Ayres Filho – 141 pontos 2 – #222 – Alex Fernandes – 102 pontos 3 – #37 – Michael “Tanga” – 94 pontos

Copa Pro Honda CBR 650R / categoria Master 1 – #29 – Mauricio Laranjeira – 134 pontos 2 – #17 – Ayres Filho – 109 pontos 3 – #27 – Alexandre Colorado – 108 pontos

Honda Jr Cup (motos Honda CG 160 Titan) 1 – #9 – Léo Marques – 179 pontos 2 – #12 – Enzo Ximenes – 142 pontos 3 – #10 – Vitor Hugo Correa – 134 pontos

Resultados corridas 8ª etapa (três primeiros)

SuperBike / Categoria SuperBike Pro (extraoficial) 1 – #3 – Ramiro Gandola 2 – #44 – Guilherme Brito 3 – #28 – Pedro Sampaio – Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP 4 – #113 – Rafael Paschoalin – Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP

Copa Pro Honda CBR 650R / categoria Pro 1 – #14 – João Carneiro 2 – #95 – Fabrício Bandeira 3 – #85 – Gustavo Gão

Copa Pro Honda CBR 650R / categoria Light 1 – #95 – Fabrício Bandeira 2 – #251 – Guilherme de Assis 3 – #222 – Alex Fernandes

Copa Pro Honda CBR 650R / categoria Master 1 – #377 – Chrystian Quick 2 – #45 – Nelson Mágico

Honda Jr Cup (motos Honda CG 160 Titan) 1 – #9 – Léo Marques 2 – #12 – Enzo Ximenes 3 – #10 – Vitor Hugo Correa

* Mundo Press - Assessoria de Imprensa da Honda Racing Brasil

Jornalista responsável: Ângela Monteiro

Telefone: (11) 99628-2222 E-mail: angela@mundopress.com.br Sala de imprensa virtual: Acesse

1 visualização0 comentário

Kommentare


bottom of page