top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Prefeitura garante Bolsa Escola para 252 alunos do sexto ao nono ano


Certificados são entregues em cerimônia marcada por alunos entusiasmos em estudar cada dia mais


João Gabriel Vieira, de 11 anos, aluno do Colégio Engenho da Praia, tem como matérias preferidas geografia e matemática e na noite desta quinta-feira (19), durante a entrega de certificados do Bolsa Escola para 252 alunos do sexto ao nono ano, na Cidade Universitária, prosperou em investir parte do valor em cursos de robótica, ramo educacional e tecnológico que ele adora.


“Após ele ser contemplado, ficou entusiasmado para estudar mais e tirar boas notas e quer usar a bolsa para o curso de robótica”, contou a mãe Maria Helena Filho.



O sucesso do programa foi endossado pelo prefeito Welberth Rezende, que entregou os certificados. “Nosso objetivo é estimular o único caminho para o sucesso: o estudo e o trabalho, dentro do talento de cada um. A Prefeitura de Macaé prioriza a educação e o acesso educacional de qualidade”, destacou.


Pai e mãe de Enzo do Nascimento, de 14 anos, Marcelo Araújo e Cristiane do Nascimento, assinalaram que o Bolsa Escola impulsiona o estudo e fortalece o crescimento do jovem como cidadão. Com gosto pela matemática, Enzo já decidiu a carreira que quer seguir: “quero ser programador”, exaltou o aluno da Escola Olga Benário.



O potencial de cada aluno e o reconhecimento que o programa proporciona foram citados pelo pai Igor Paixão Moreira, que levou o filho Gabriel Moreira, de 12 anos, aluno do Colégio Maria Letícia Santos Carvalho e também fã de matemática, para receber o certificado. “Essa é uma iniciativa importante, o incentivo financeiro é bacana, mas a aclamação aos alunos e o estímulo aos estudos é ainda melhor”, opinou o pai.


Artur da Silva Ferreira, de 11 anos, é aluno do Colégio Engenho da Praia. Acompanhado da mãe Valdelia Maria da Silva, Artur garante que estuda matemática com muita veemência. “Me dedico e quero estudar cada vez mais”, frisou o estudante.


Bolsa Escola incentiva estudo dentro e fora da sala de aula


O saber e o conhecimento foram apontados pela secretária de Educação, Leandra Lopes, como resultados do Bolsa Escola. “Por intermédio de vocês vamos incentivar os outros estudantes a se empenharem bastante. A intenção da educação é que o aluno tenha motivação para estudar, por isso desenvolvemos diversos projetos como a lousa virtual”, expressou.


A secretária Adjunta de Ensino Superior, Flaviah Picon, enalteceu que o espaço onde foi realizada a entrega dos certificados é dos alunos e da sociedade: a Cidade Universitária. “Esperamos que em breve vocês estejam aqui conosco ou para o Colégio de Aplicação ou para uma graduação em uma das quatro universidades. A expectativa é ampliar o número de cursos de graduação e aqui vocês têm o espaço para desenvolver pesquisas e ciência”, acrescentou.


A secretária de Educação chamou ao palco os diretores das escolas presentes e homenageou o corpo discente. O prefeito Welberth Rezende, os diretores de escola, a secretária de Educação e o vereador Guto Garcia entregaram os certificados e as medalhas.


Cada aluno recebe R$ 600


O Bolsa Escola abrange os cem melhores alunos por avaliação do programa. A iniciativa evita a evasão escolar e melhora a performance educacional. Estudantes do sexto ao nono ano do Ensino Fundamental da rede municipal com melhores notas recebem o pagamento mensal no valor de R$ 600.


A bolsa por mérito avalia o desempenho de estudantes de todas as turmas e em todas as disciplinas do segmento de ensino. Durante o período de recebimento do Bolsa Escola, o aluno beneficiado dispõe de oito horas semanais para atividades pedagógicas de apoio a alunos com desempenho insatisfatório, de acordo com orientação da equipe gestora e pedagógica da unidade escolar.


Texto: Jornalista Janira Braga / Fotos: Moisés Bruno / Comunicação Macaé


Divulgação:




Luciana Perfumes e Presentes / 22 99824-9701 / Macaé / RJ



10 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page