top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Ensino Superior promove o Programa Redes Humanas – Rizomas Afetivos


O curso é destinado aos educadores da rede municipal de ensino e à comunidade em geral

Foto arte: Reprodução internet


A Secretaria Municipal Adjunta de Ensino Superior, através da Universidade Livre e do Laboratório de Emoções, Afetos, Sociedade & Subjetividades, promove o Programa Redes Humanas – Rizomas Afetivos com o curso "Vidas em Rede – Cultura de Paz e Saúde Mental". Este curso é destinado aos educadores da rede municipal de ensino e à comunidade em geral.


Um dos aspectos centrais é a promoção das Redes Humanas de cuidados como lógica do cuidado de si. Dessa forma, os educadores e comunidade em geral desenvolvem a sensibilidade de tecerem juntos novas percepções sobre o tema do cuidado de si, que pode ser dirigido ao cuidado do outro e, por sua vez, ao cuidado estendido aos territórios de vida mais amplos.


A professora da Universidade Livre, Ana Carolina Moda Peixoto, que é psicóloga e neuropsicopedagoga, explica que a lógica dos Rizomas Afetivos segue a mesma lógica da natureza. "Podemos encontrá-los, por exemplo, nas ramificações feitas pelas gramas. Suas conexões são feitas de informações vivas nas quais os nutrientes são transmitidos numa rede complexa. A natureza nos ensina sobre essa forma de conexões em rede afetiva, pois elas são feitas de enlaces que se ramificam para conservar e produzir a vida. A lógica dos rizomas afetivos se inspira na epistemologia da natureza e na filosofia dos afetos em Spinoza. Podemos ramificar cuidados e novos olhares na direção de nós mesmos e das pessoas que nos rodeiam", frisou.


Segundo o Professor Doutor Paulo-de-Tarso de Castro Peixoto, o curso oferece um espaço reflexivo e prático do cuidado das emoções de forma coletiva. "Os educadores e comunidade enlaçam seus pontos de vista e seus modos de ser sobre os temas que os tocam em seus cotidianos. Temos abordado a questão do uso da palavra, do tempo, da empatia como tecnologias de contatos mais sensíveis no ambiente escolar, nas famílias, na vida da cidade. Saber utilizar as palavras de forma empática e sensível torna-se uma condição fundamental nas relações interpessoais no ambiente escolar, dentre outros. É muito gratificante partilhar nossos conhecimentos e experiências com os mais de 60 cursistas que estão semanalmente conosco", avaliou.


O curso Vidas em Rede – Cultura de Paz e Saúde Mental ocorre semanalmente às sextas-feiras, das 8h às 9h, através da plataforma Google Meet.


* Texto: Jornalista Renatta Viana / Prefeitura de Macaé


Divulgação:



Endereço: R. Dr. Luiz Bellegard, 192 - Centro, Macaé - RJ



Macaé / RJ

Macaé / RJ



8 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page