• Jornal Esporte e Saúde

Docente elabora pesquisa sobre transtornos de aprendizagem



Durante encontro realizado na última semana, as famílias do Instituto Nossa Senhora da Glória foram convidadas a participar de um estudo, no qual está sendo abordado o desempenho atencional nas modalidades visual e auditiva dos alunos do Colégio Castelo, de Macaé. O trabalho tem por objetivo, atender à demanda que se refere ao eventual diagnóstico de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), Transtorno do Espectro Autista (TEA) e outras condições clínicas em crianças que nunca submeteram uma avaliação neuropsicológica. “Essa pesquisa vem proporcionar às famílias um direcionamento para uma intervenção mais complementar, e assim, direcionar para os profissionais do Colégio Castelo, que a partir de laudos técnicos, possam propor estratégias pedagógicas para aquela criança e adolescente, se necessário”, explica o responsável pelo projeto, DSC. Julio Vasconcellos, que é docente da Faculdade Católica Salesiana de Macaé.



A partir deste trabalho de orientação e conscientização, a segunda etapa do estudo abrangerá uma pesquisa, no qual as famílias com filhos matriculados no Ensino Fundamental e Médio são convidadas a preencher um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, que no qual constarão todas as questões relativas ao estudo, e assim, garantir sua participação voluntária. De acordo com o docente, os dados farão parte de uma avaliação neuropsicológica da atenção, que contribuirá para um diagnóstico mais fidedigno e com eficácia terapêutica das medidas implementadas até este momento no tratamento dos casos identificados.



O estudo faz parte do trabalho de pós-doutorado do DSc. Julio Vasconcelos, que tem a supervisão do DSc. Sergio Luis Schimidt, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, especialista em transtornos de aprendizagem.


A Associação Americana de Psiquiatria estima que, no mundo, cerca de 5% a 15% da população mundial foi identificada com algum tipo de transtorno de aprendizagem, o que representa um grupo de 10 milhões de indivíduos apenas no Brasil.


* Texto e fotos: Alysson Nogueira \ Assessoria de Comunicação Salesiana


3 visualizações0 comentário