• Jornal Esporte e Saúde

Botafogo vira contra o Fortaleza e vence a primeira em casa

Alvinegro saiu atrás no marcador, buscou o empate ainda na primeira etapa e deu show na reta final do confronto


Patrick de Paula marcou de falta o gol da virada do Botafogo contra o Fortaleza

VITOR SILVA/BOTAFOGO (15.05.2022)


Na noite deste domingo (15), no Estádio Nilton Santos, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo venceu o Fortaleza de virada pelo placar de 3 a 1. Os gols do duelo foram marcados por Moisés, para o Leão do Pici, e Erison, Patrick de Paula e Daniel Borges para o Glorioso.


Mais uma vez com grande presença de torcedores no Nilton Santos, Botafogo e Fortaleza travaram duelo de grande equilíbrio. Com dois técnicos estrangeiros à beira do gramado, as equipes mostraram a competitividade esperada na sexta rodada do Brasileirão.


O Botafogo buscava o jogo com seus extremos, Victor Sá e Diego Gonçalves, mas pouco encontrava espaços na bem montada defesa do Leão. Espaço esse que sobrou na primeira grande chance do Tricolor.


Aos 15 minutos, Hércules achou bom lançamento nas costas de Daniel Borges. Lucas Lima escorou para o meio da área, Gatito Fernández deu rebote, mas Moisés apareceu sozinho para abrir o placar para o Fortaleza.


Após sair atrás, a equipe comandada pelo português Luís Castro passou por longo período improdutivo, com Lucas Fernandes tendo dificuldade na organização das jogadas. Para colaborar com o Alvinegro, Ceballos recebeu o segundo amarelo e foi expulso.


Com o clima a favor, o Botafogo foi para cima e logo conseguiu o empate. Aos 42 minutos, Victor Cuesta, após cruzamento, encontrou Erison na pequena área. El Toro não perdoou e empurrou para o fundo das redes. O empate no fim pôs um ponto-final na primeira etapa.


Erison, do Botafogo, arrisca contra marcação do Fortaleza

VÍTOR SILVA/BOTAFOGO (15.05.2022)



Na volta para o segundo tempo, o Botafogo explodiu seu torcedor, mas em vão. Erison recebeu de Tchê Tchê e finalizou forte, marcando o segundo do Alvinegro. Com auxílio do VAR, no entanto, foi assinalado o impedimento do centroavante.


Com tamanha intensidade na marcação, as equipes mostraram grande cansaço logo cedo, na casa dos 15 minutos. O Glorioso se impunha no campo de ataque, como seu estilo de jogo mostra, mas seguia com dificuldades. O Fortaleza se defendia e parecia aceitar o empate fora de casa.


Até que na reta final, aos 43 minutos, Patrick de Paula sofreu falta na entrada da área e pegou a bola para cobrar. Brilhou novamente a estrela da contratação mais cara da história do Botafogo. Contando com desvio na barreira, o volante deixou o dele e colocou o Glorioso na frente faltando alguns minutos para o fim do duelo no Nilton Santos.


Torcida do Botafogo fez a festa no Nilton Santos VITOR SILVA/BOTAFOGO (15.05.2022)


A festa ficou completa aos 48 minutos. Com espaços, o Botafogo subiu rápido em contra-ataque, Chay disputou dentro da área e Daniel Borges completou o placar no rebote. Espetáculo nas arquibancadas e esperança para o torcedor alvinegro.


O Leão do Pici nada pôde fazer. Com um a menos em campo, a equipe não teve forças para reagir e apenas ouviu o apito final do árbitro Jefferson Ferreira de Moraes, que confirmou o primeiro triunfo do Botafogo em casa no Brasileirão.


Próximos jogos


Motivado, o Botafogo terá uma semana cheia para treinamentos e só voltará a campo no próximo sábado (21), no Independência, em Belo Horizonte, contra o América-MG. O Fortaleza, por sua vez, vira a chave e foca a decisão pela Libertadores, na próxima quarta-feira (18), contra o Alianza Lima, do Peru, fora de casa.


FICHA TÉCNICA


Botafogo 3 x 1 Fortaleza

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro

Data e hora: domingo (15/5), às 18h (de Brasília)

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes

Auxiliares: Alessandro Alvaro Rocha e Fabricio Vilarinho da Silva

Gols: Erison 42'/1ºT, Patrick de Paula 43'/2ºT e Daniel Borges 48'/2ºT (Botafogo) / Moisés 15'/2ºT (Fortaleza)

Cartões amarelos: Kanu, Diego Gonçalves (Botafogo)

Cartão vermelho: Ceballos (Fortaleza)


BOTAFOGO: Gatito Fernández; Saravia (Hugo), Kanu, Victor Cuesta e Daniel Borges; Luís Oyama, Tchê Tchê (Patrick de Paula) e Lucas Fernandes (Chay); Victor Sá, Erison e Diego Gonçalves (Vinicius Lopes). Técnico: Luís Castro.


FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Marcelo Benevenuto, Ceballos e Yago Pikachu; Felipe, Hércules, Lucas Lima (Renato Kayzer) e Lucas Crispim; Romero (Titi) e Moisés (Juninho Capixaba). Técnico: Juan Vojvoda.


* https://esportes.r7.com/futebol/FUTEBOL | Do Live Futebol BR



1 visualização0 comentário