• Jornal Esporte e Saúde

Brasil perde nos pênaltis e está eliminado do futebol feminino

Seleção brasileira enfrentou as canadenses, na manhã desta sexta-feira, pelas quartas de final dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020


Brasil perdeu e está fora no futebol feminino

AMR ABDALLAH DALSH/REUTERS


O Brasil perdeu para o Canadá nos pênaltis, na manhã desta sexta-feira (30), e está eliminado do futebol feminino dos Jogos Olimpícos Tóquio 2020.


Após empate de 0 a 0 no tempo normal e na prorrogração, a decisão foi para os pênaltis. A seleção brasileira começou bem, com a goleira Bárbara defendendo a primeira cobrança, da craque canadense Sinclair. No entando, as duas últimas cobranças brasileiras também foram disperdiçadas, e o Brasil encerrou sua participação no futebol feminino em Tóquio 2020.


No Rio 2016, a seleção do Canadá já havia sido algoz do Brasil ao vencer por 2 a 1 a disputa de terceiro lugar e ficar com a medalha de bronze da Olimpíada. Na ocasião, Alemanha ficou com o ouro e a Suécia, que havia eliminado o Brasil na semifinal, ficou com a prata.


Além da briga pela vaga na semifinal dos Jogos de Tóquio 2020, a partida reuniu duas das três maiores artilheiras em Olimpíadas — Marta (13 gols) e Sinclair (12) — na briga para se tornarem recordistas. A maior artilheira olímpica é a brasileira Cristiane, com 14 gols.



Pênaltis


A primeira cobrança na decisão dos pênaltis foi da craque canadense Sinclair. Ela mandou no canto direito da goleira Bárbara, que defendeu. Marta também foi a primeira a bater pelo lado brasileiro, e marcou.


As cinco cobranças seguidas foram covertidas — três do Canadá e duas do Brasil. Na quarta cobrança brasileira, Labbé defendeu a batida de Andressa Alves, deixando o placar igual. A última cobrança canadense também foi convertida, enquanto Rafaelle também parou na goleira do Canadá. Vitória canadense nos pênaltis por 4 a 3.


* Kaique Dalapola, do R7.





4 visualizações0 comentário