top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Botafogo encaçapa o Vasco e mantém vantagem na liderança do Brasileiro

Luís Henrique e Carlos Alberto foram responsáveis pelos gols do Botafogo durante partida no Nilton Santos


Tiquinho quase acerta uma linda bicicleta – / Foto: Vitor Silva/Botafogo / Jogada10


Sinuca, ciclismo e atletismo. Rolou esta trinca neste domingo (2), Estádio Nilton Santos. A precisão par definir na hora H de Luís Henrique, a velocidade de Carlos Alberto e a bicicleta de Tiquinho. Assim, na estreia do interino Cláudio Caçapa, o Botafogo encaçapou o Vasco por 2 a 0. O arquirrival, aliás, praticou a natação na coliseu olímpico do Engenho de Dentro. Nadou e morreu na praia nesta 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.


O Glorioso é permanece, claro, na liderança isolada, com sete pontos à frente do segundo colocado Grêmio. Já o Cruz-Maltino não consegue sair da triste zona do rebaixamento.


BOTAFOGO AMASSA O VASCO

O Botafogo impôs um ritmo forte sobre o Vasco. Em resumo, dominou o primeiro tempo e atacou muito. Em pouco tempo, a defesa central do Cruz-Maltino já estava toda amarelada. Coube ao interino Willian Batista tirar o lesionado Robson para colocar Capasso. Houve, de fato, uma nítida melhora. Mas o Glorioso teve as duas melhores chances. Tiquinho, da pequena área, só não abriu o placar porque Jardim jogou as luvas e foi mais sagaz. Na outra chance, o goleiro visitante rezou e deu certo. A bicicleta do artilheiro passou raspando.


CAIU NO TAPETINHO

O panorama não se alterou. O Botafogo muito em cima. O Vasco recuado. Até que, em velocidade máxima, Luís Henrique tabelou com Tiquinho, invadiu a área e finalizou na diagonal, deixando Jardim a ver navios e a torcida do Botafogo eufórica com a vantagem. Aí o Cruz-Maltino teve que vir para cima. E o Glorioso sedento por roubar a bola e sair no contra-ataque, na sua máxima característica de transição. No entanto, Teixeira teve a grande a chance do empate e, sozinho, parou em uma defesa de Perri. Lembra a Libertadores de 2012, torcedor vascaíno? Pois é. Um lance para ressuscitar fantasmas. Para o desespero de uns e alegrias de outros, Carlos Alberto meteu o segundo do Fogão no fim. Para encerrar… Quem é Luí$ Ca$tro?


BOTAFOGO 2×0 VASCO


13ª rodada do Campeonato Brasileiro 2023


Data: 2/7/2023


Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)


BOTAFOGO: Perri; Rafael (Di Plácido, 30'/1º), Adryelson, Cuesta e Hugo; Freitas, Tchê Tchê (Barbosa, 27/2ºT)' e Eduardo (Kayque, 39'/2ºT); Júnior Santos, Luís Henrique (Segovia, 27'/2ºT) e Tiquinho (Carlos Alberto, 39'/2ºT). Técnico: Cláudio Caçapa (interino).


VASCO: Jardim, Puma, Léo, Robson (Capasso, 20'/1ºT) e Piton; Zé Gabriel (Eguinaldo, 41'/2ºT), Gomes, Teixeira (Carabajal, 24'/2ºT), Figueiredo (Marcus, Intervalo) e Orellano (Rayan, 24'/2ºT); Pedro Raul. Técnico: Willian Batista (interino).


Gols: Luís Henrique, 7'/2ºT (1-0); Carlos Alberto, 50'/2ºT (2-0)


Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)


Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)


VAR: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR)


Cartão Amarelo: Adryelson, Segovinha (BOT); Léo, Robson, Orellano, Rayan, Piton (VAS)


* https://www.terra.com.br/esportes/


Divulgação:



Luciana Perfumes e Presentes / 22 99824-9701 / Macaé / RJ



4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page