top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Sindipetro-NF denuncia condições precárias de alimentação na plataforma P-53 da Petrobrás


O Sindipetro-NF recebeu uma denúncia preocupante envolvendo a plataforma P-53, operada pela Petrobrás, onde um surto de intoxicação alimentar afetou na última quinta, 2, mais de 30 trabalhadores, exigindo ação imediata do sindicato. De acordo com relatos recebidos, a situação foi agravada pela persistência de problemas nas condições de higiene e segurança alimentar, evidenciando falhas no serviço de hotelaria da plataforma.


As denúncias incluem casos de alimentos impróprios, como carne estragada e ovos deteriorados servidos nas refeições dos trabalhadores, além de falhas nos equipamentos de refrigeração e falta de embalagens e utensílios adequados. A higiene deficiente, com camarotes sujos e infestações de insetos em áreas de alimentação, também foi relatada, assim como problemas nos sistemas de vacu-flush, gerando desconforto e riscos à saúde dos trabalhadores.


O aumento da demanda por atendimento de saúde devido a esses problemas levou até mesmo ao desembarque de uma enfermeira por exaustão. O Sindipetro-NF formalizou uma denúncia por meio de ofício às gerências da Petrobrás, exigindo ações imediatas para corrigir essas questões graves.


-Emita CATs (Comunicações de Acidente de Trabalho) para todos os trabalhadores afetados pela intoxicação alimentar.


-Emita CAT para a enfermeira desembarcada por exaustão.


-Abra uma comissão de investigação do surto, convidando o sindicato para participar.


-Cumpra o Parágrafo 6° da Cláusula 76 do Acordo Coletivo de Trabalho em Cabiúnas, garantindo qualidade na alimentação para todos os trabalhadores.


-Marque uma reunião urgente para discutir e implementar ações para melhorar a qualidade da alimentação na plataforma e demais bases da Petrobrás.


O sindicato ressalta a gravidade da situação e a necessidade de medidas rápidas e efetivas para garantir a segurança e bem-estar dos trabalhadores offshore da Petrobrás.


* Texto: Jornalista Fernanda Viseu / assessora de imprensa.



14 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page