top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Prefeito de Macaé garante continuidade da macrodrenagem em todas as bacias hidrográficas


Obras da Aroeira, Canal da Fábio Franco, Nova Holanda, Granja dos Cavaleiros e Vale Encantado são citadas por Welberth


A continuação do projeto de macrodrenagem em Macaé está garantida em todas as bacias neste ano. A afirmação foi feita pelo prefeito Welberth Rezende nesta quarta-feira (4), durante entrevista na Record TV Interior RJ, que abordou os principais assuntos que marcaram o ano passado e os projetos para este ano.


Welberth listou que na Bacia da Linha Vermelha, no Canal Fábio Franco, foram investidos no ano passado R$ 80 milhões, com cobertura do canal. “Chegou a primeira de duas bombas do México, no final de dezembro. A segunda vai chegar e com o fim da obra, em 2024, o alagamento na região desta bacia vai acabar”, explicou. Já foi duplicada a capacidade de escoamento das águas naquela região com a construção de dois quilômetros de galerias de drenagem.

A segunda bacia, da Nova Holanda e Nova Esperança, também foi mencionada pelo prefeito. “Começamos as obras e autorizamos a intervenção no trecho que alaga”, informou. A obra inclui drenagem e pavimentação. Outro bairro abordado pelo prefeito que sofre com os alagamentos é o Barreto. “Está autorizado o projeto para licitação do Barreto”, afirmou.

O prefeito salientou que a Bacia do Cavaleiros passou pela abertura da Lagoa e pontuou que as obras de urbanização dos bairros Granja dos Cavaleiros e Vale Encantado foram concluídas. Elas incluem drenagem, pavimentação, tubulação para água potável e construção de calçadas e meio-fio em seis logradouros destes bairros e totalizam R$ 28 milhões, o que vai acabar com o alagamento. A Bacia da Aroeira também foi citada por Welberth. As obras no bairro continuam com serviços de drenagem e pavimentação, o que vai abranger os problemas de alagamentos na Aroeira, Nova Aroeira, Morro de São Jorge e Loteamento Paraíba, beneficiando cerca de 30 mil famílias. “Estamos fazendo as obras de macrodrenagem desde o dia que entramos. A obra de macrodrenagem estava parada, e tem previsão de mais um ano e meio a dois para terminar”, destacou. Reforma de 70 praças De acordo com o prefeito, são 40 obras em toda a cidade, incluindo 70 praças, como a do Novo Cavaleiros, a Unidade Básica de Saúde do mesmo bairro e a revitalização da área do Bar do Coco, no bairro Parque Aeroporto. O projeto na área do Bar do Coco inclui posto salva-vidas, quiosques com banheiros e cozinha, rampas e escadas em concreto, ciclovia, parquinho e ponto de ônibus. O investimento no valor de cerca de R$ 6 milhões tem o objetivo de oferecer novos espaços ao uso público. Parque da Cidade: licitação será neste início do ano Segundo o prefeito, o Parque da Cidade vai entrar em licitação neste início do ano, com duração da obra prevista para um ano. “O Parque da Cidade será uma grande praça, com equipamentos esportivos e de lazer”, frisou. O local, além de abrigar o Batalhão de Ações com Cães, ganhará pistas e campos.

Prefeito concorda com população sobre SIT Um dos assuntos abordados na Record foi o transporte público municipal, operado pela empresa SIT, que entrou na pauta após reclamações dos usuários. O prefeito relembrou que o governo municipal entrou na Justiça contra a empresa.


“Entendemos que a população está insatisfeita com o serviço, entramos com a ação e espero que a Justiça faça justiça para a população. A empresa ficou de reformar a frota e colocar novos ônibus, mas vamos continuar na Justiça. Com minha caneta eles não ficam mais um dia em Macaé”, enfatizou.

Os avanços em desenvolvimento econômico, com Macaé com a primeira colocação da categoria "Indicadores Fiscais" entre cidades de grande porte e na quarta colocação no Ranking Geral e o município como a segunda cidade com mais de 100 mil habitantes, para se investir no setor de serviços, segundo ranking divulgado pela Revista Exame, foram acrescentados pelo prefeito.


"Expandimos nosso potencial em desenvolvimento, recebemos grandes redes, teremos a ampliação do aeroporto, construção do novo porto, vamos fazer o Hospital do Olho e o centro de abastecimento de produtos hortifrutigranjeiros", planejou, comentando que este ano será de muito trabalho para a população.

* Jornalista: Janira Braga / Fotos: Jaqueline Carvalho / Comunicação Macaé


Divulgação:






57 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page