• Jornal Esporte e Saúde

‘Mostra Aldir Blanc de Macaé’ começa neste mês


A estreia será com sessões de artes cênicas e oficina de capacitação técnica

Foto: Arte / reprodução internet.


A ‘Mostra Aldir Blanc de Macaé’ promete agitar a cultura do município a partir do dia 29 deste mês. Dois vídeos de até 59 minutos serão lançados por dia, sempre às 19h, no YouTube e no Instagram da Secretaria de Cultura de Macaé. As apresentações artísticas e as oficinas foram produzidas pelos artistas contemplados, em 2020, com recursos da Lei Federal de emergência cultural Aldir Blanc (14.017/2020). A Lei Aldir Blanc possibilitou repasses dos Fundo Nacional de Cultura (FNC) ao município com o propósito de auxiliar trabalhadores da cultura e espaços culturais da cidade durante o período de isolamento social ocasionado pela pandemia da covid-19. Três editais municipais foram executados com este objetivo. A ‘Mostra Aldir Blanc de Macaé’ atende aos premiados no edital ‘Macaé Cultura na Rede’ que contemplou 84 trabalhos. Da mostra, participam 53 vídeos de apresentações artísticas e 29 de capacitação. A cada dia da mostra, às 19h, serão publicados vídeos de apresentações culturais e, às 20h, uma oficina de capacitação artística. A mostra estreia com as sessões de artes cênicas: ‘Netfrits’, de Ana Laura Ribeiro; ‘Álbum de Família: Palhaçxs em Quarentena’, de Carolina Marquiori ‘A Graça da Desgraça’, de Fernanda Ventapane e ‘Circo em Casa’, de Paulo Henrique Muraro. As sessões têm duração total de 29 minutos. O vídeo das 20h será o ‘Precisamos falar de: cenário, figurino e caracterização’, oficina de Felipe Eliakim, com 49 minutos de duração. Para o secretário de Cultura de Macaé, Edie Lameu, a Lei Aldir Blanc veio para minimizar os prejuízos sofridos por toda a cadeia produtiva da cultura em nossa cidade. Ele ressalta que, por suas próprias características, o setor cultural foi um dos primeiros a parar por conta da pandemia relacionada ao Covid-19 e será o último a voltar. E que os recursos promovidos por esta lei cumprem com o papel institucional do poder público em garantir a dignidade destes profissionais. "A Secretaria de Cultura tem operado junto a outros municípios do Estado do Rio de Janeiro, pressionando a Secretaria Especial de Cultura e o Ministério do Turismo para que a nova proposta de Projeto de Lei 795/21, que prevê a prorrogação dos prazos de execução das atividades da Lei Aldir Blanc, já aprovada no Senado e na Câmara, seja sancionada pela Presidência da República. Uma vez superada essa fase, a Prefeitura implantará a Lei, promovendo a movimentação da cadeira produtiva da cultura em nossa cidade, através de lançamento de editais e demais medidas a serem tomadas em parceria com o novo Conselho Municipal de Políticas Culturais de Macaé, que será eleito até o final deste mês", disse. "A ‘Mostra Aldir Blanc de Macaé’ é ainda uma oportunidade para a população macaense conhecer um pouco mais dos trabalhos dos nossos artistas", complementou a coordenadora e produtora de eventos da Secretaria de Cultura, Janaina de Oliveira.

* Jornalista: Andréa Lisboa \ Prefeitura de Macaé\Secretaria de Comunicação Social\Coordenadoria de Jornalismo.


Patrocinado;







5 visualizações0 comentário