• Jornal Esporte e Saúde

Marcelo Crivella é alvo de busca e tem celular aprendido

Agentes cumprem busca e apreensão contra esquema de corrupção na Prefeitura do Rio de Janeiro


Agentes do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) e da Polícia Civil cumprem nesta quinta-feira, 10, 22 mandados de busca e apreensão em investigação sobre um suposto esquema de corrupção na administração municipal do Rio de Janeiro.



Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos)

Foto: Renan Olaz/CMRJ/Divulgação / Estadão Conteúdo


O prefeito Marcelo Crivella é um dos alvos da operação. De acordo com informações da TV Globo, ele teve um celular aprendido durante a ação da Polícia Federal.


Os policiais estão em endereços residenciais e funcionais de agentes públicos municipais e empresários na capital fluminense - nos bairros da Barra da Tijuca, Jacarepaguá, Tijuca e Flamengo -, em Itaipava, na região serrana, e em Nilópolis, na região metropolitana.


Os mandados foram expedidos pelo 1º Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Rio. A operação é conduzida pela Suprocuradoria-Geral de Assuntos Criminais (Subcriminal/MPRJ) e pelo Grupo de Atribuição Originária Criminal da Procuradoria-Geral de Justiça (GAOCRIM/MPRJ), junto com integrantes da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ) e da Coordenadoria de Investigações de Agentes com Foro (CIAF/PCERJ) da Polícia Civil.


Segundo o MP-RJ, a operação é um desdobramento da primeira fase da Operação Hades, executada em 10 de março deste ano. O procedimento policial está sob sigilo, por isso não foram reveladas mais informações sobre os investigados.


*Com informações da redação


* https://www.terra.com.br/.




3 visualizações0 comentário