top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Macaé: Semana do Empreendedorismo Feminino prossegue até segunda-feira


Evento acontece até o dia 21


A empreendedora Neuda Gonçalves vende doces por encomenda, mas ainda sente muita dificuldade em divulgar o produto por não ter familiaridade com as redes sociais. Quando tomou conhecimento sobre a Semana do Empreendedorismo Feminino, realizada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres, não pensou duas vezes em participar. “Esse dia é meu. Preciso desse conhecimento e ouvir as histórias de tantas mulheres é sempre uma oportunidade de crescer”, avaliou.


Assim como Neuda Gonçalves, diversas mulheres se reuniram em uma grande roda de conversa sobre o mercado de trabalho, negócios, protagonismo feminino, entre outros assuntos. No primeiro dia, o evento foi aberto pela analista de negócios do SEBRAE – região Norte Fluminense, Silvia Andréa, que apresentou o Sebrae Delas, programa de aceleração que busca fomentar e profissionalizar práticas empresariais e políticas públicas para valorizar as competências, comportamentos e habilidades das micro e pequenas empreendedoras.

A Semana do Empreendedorismo Feminino continua até a segunda-feira (21), na sede do Espaço Mulher Cidadã, na Rua Dr. Luiz Bellegard, 139, Imbetiba. Nesta sexta (18), o dia será dedicado a temas como imagem pessoal e redes sociais. Já no dia 21, haverá a exibição do documentário Fio do Afeto + Roda de Conversa com a psicóloga Paola Oliveira e a artesã Jô Bueno.

Oportunidades Ao abordar temas como “o que a mulher precisa desenvolver em sua vida”, “o que envolve o negócio, ideia e projeto”, e como construir e fortalecer redes de empreendedorismo feminino, Silvia Andréa destacou que existem duas áreas dentro do empreendedorismo: pela oportunidade ou necessidade.

“Sabemos que muitas mulheres não conseguem um emprego por conta da idade e diversos outros problemas que as pessoas podem enfrentar e se tornam empreendedoras por necessidade. Dessas, muitas não estão formalizadas e acabam perdendo oportunidades do negócio crescer”, avaliou.

A representante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Mariana Previtali, ressaltou que em Macaé são quase 20 mil microempreendedores individuais (MEI), e desses, metade são mulheres. “Por isso fico muito feliz em poder participar deste evento. A nossa ideia é somar forças e criar cada vez mais parcerias para destinar oportunidades às mulheres da nossa cidade”, afirmou.


Troca de conhecimentos


A programação contou ainda com a participação das empreendedoras Karina Leonel, empresária na área da beleza, especialista em saúde capilar e visagista; e Kamylla Aguiar, também empreendedora na área da beleza, especialista em cabelos crespos e cacheados, que falaram sobre suas trajetórias, dificuldades e desafios.


Para a secretária de Políticas para as Mulheres, Jane Roriz, a Semana do Empreendedorismo Feminino é uma possibilidade de troca de conhecimento, capaz de transformar vidas.“O acesso ao conhecimento é algo realmente transformador. E pensar no Espaço Mulher Cidadã é pensar nas diversas possibilidades que um local como esse nos traz. Além disso, ter a secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda e o Sebrae como parceiros é um divisor de águas para fortalecer as mulheres”, pontuou.


* Jornalista: Cris Rosa /FotoS: Rui Porto Filho / Prefeitura de Macaé


Divulgação:




Luciana Perfumes e Presentes / 22 99824-9701 / Macaé - RJ

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page