top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Macaé: Secretarias municipais estão integradas para redução de risco por queda de árvore



Na Região Sudeste, o verão é a estação das chuvas fortes, com ventos intensos, que aumentam os riscos de alagamento, deslizamento e queda de árvores. Para dar mais segurança à população, prevenindo acidentes por quedas de árvores ou galhos, a Prefeitura de Macaé tem um protocolo que integra três secretarias: Defesa Civil, Ambiente e Serviços Públicos.

Em caso de risco de queda de árvores ou galhos, a Secretaria Adjunta de Defesa Civil é a primeira que deve ser acionada. Se o risco é iminente, os agentes isolam o local e, havendo emergência, podem realizar até o corte da árvore. Caso não haja, o protocolo estabelece o encaminhamento de ofício para a Secretaria de Ambiente, Sustentabilidade e Proteção Animal para análise técnica de risco.

O cidadão também pode entrar em contato com a Secretaria de Ambiente, que envia especialistas ao local para análise do risco. Havendo risco, o setor aciona a Secretaria Adjunta de Serviços Públicos que, através de empresa terceirizada, executa a ordem de serviço de poda ou corte da árvore.

As ordens de serviço, além de justificadas por risco de queda de galhos ou de árvores, também podem ser motivadas por possíveis danos à rede elétrica e a impedimento à acessibilidade, segundo a coordenadora de Arborização da Secretaria de Ambiente, Fernanda Norbert.

* Prefeitura de Macaé / Secretaria de Comunicação Social / Coordenadoria de Jornalismo


Divulgação:




9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page