top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Macaé se mobiliza para doar roupas às pessoas em situação de rua


Foto arte: Divulgação


Existem mais de 281 mil pessoas em situação de rua no Brasil. E muitas delas estão em Macaé, precisando de ajuda para se vestir e se reintegrar à sociedade


Por isso, foi lançada a campanha “Vestindo o corpo e a dignidade”, que visa arrecadar roupas usadas em bom estado de conservação para serem doadas a essas pessoas que vivem nos abrigos institucionais.


A campanha segue a Política Nacional para a População em Situação de Rua, que define esse grupo como aquele que possui em comum a pobreza extrema, os vínculos familiares interrompidos ou fragilizados e a inexistência de moradia convencional regular.


As roupas doadas devem, preferencialmente, ser masculinas e serão destinadas aos usuários da Pousada da Cidadania, um equipamento mantido com recursos dos Governos Municipal/Federal, que oferece moradia temporária, alimentação, serviços sociais, psicológicos e tratamentos de saúde na Rede, além do encaminhamento aos empregos.


As doações também serão extensivas às pessoas que se encontram em vulnerabilidade social e que são atendidas no Centro Pop, outro equipamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social Direitos Humanos e Acessibilidade (SDSDHA), que faz a triagem, detectando as necessidades das pessoas em situação de rua, oferecendo diariamente o café da manhã, almoço e lanches, além do espaço que utilizam para o banho e lavar suas roupas.


A campanha de arrecadação de roupas em bom estado de conservação foi idealizada pela jornalista Lourdes Acosta, que já fazia trabalhos voluntários na Pousada da Cidadania e notou a falta de roupas de uso pessoal entre os usuários da instituição. Muitos deles precisam se apresentar em entrevistas de emprego e não têm o que vestir. A jornalista então decidiu promover a ação beneficente para ajudar essa parcela da população, especialmente os homens, que são a grande maioria. “Saímos em busca de parceiros e apoiadores que pudessem nos auxiliar a vestir o corpo e também a dignidade dessas pessoas acolhidas na Pousada da Cidadania e que se encontram em situação de rua, mesmo sendo usuárias dos serviços oferecidos por este abrigo institucional”, destacou.


Hoje, a campanha conta com a parceria do Programa de Saúde e Bem-Estar Social (Pró-Bem), desenvolvido pela secretaria municipal da Casa Civil, que trabalha e articula todas as doações sociais do município, e do Sindipetro NF, outro parceiro que soma neste projeto social. São apoiadores os supermercados Extra e JPavani, Casas Bahia, Gráfica JM Comunicação Visual e Offset, além da consultora de Direitos Humanos e Sociais, Vivianni Acosta e dos jornalistas Mônica Torres e Elvis do Amaral (site e podcast).


Você pode participar dessa campanha doando sua roupa usada, em bom estado de uso, nos cinco pontos escolhidos para arrecadação: Sindipetro, Casas Bahia, Supermercados Extra (Centro e Riviera) e JPavani. As doações podem ser feitas durante todo o mês de novembro até 15 de dezembro.



Lembre-se: “O frio foi embora, mas os ex-moradores em situação de rua continuam precisando se vestir”. Colabore com essa causa e ajude a vestir o corpo e a dignidade dessas pessoas.


* Jornalista Profissional Lourdes Acosta / texto: Jornalista Mônica Torres


Divulgação:



Luciana Perfumes e Presentes / 22 99824-9701 / Macaé / RJ





4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page