top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Macaé: Governo e Estado firmam parceria para ampliar potencial do agronegócio



A definição de políticas públicas voltadas a fomentar, modernizar e ampliar etapas de produção, colheita e distribuição dos itens gerados pelo agronegócio local foi discutida nesta terça-feira (27) entre a prefeitura e o governo do Estado, o que reforça o potencial de Macaé em seguir como a cidade que concentra a maior produção de grãos e de gado confinado do Rio de Janeiro.


Propostas como benefícios fiscais que facilitem o escoamento de grãos como soja, milho, arroz e feijão no território fluminense, além da implementação de projetos que garantam eficiência nos processos de beneficiamento, estocagem, ensacamento e transporte através da construção do silo municipal e do polo regional de comercialização dos itens da agricultura familiar, foram analisadas pelo prefeito Welberth Rezende ao receber o secretário estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Dr. Flávio Campos Ferreira, junto ao subsecretário, Felipe Brasil.


No encontro, o prefeito destacou os dados positivos já conquistados por Macaé através do segmento do petróleo, gás e energia, como os 27 mil novos postos de trabalho gerados desde 2021, um resultado que permite o governo planejar incentivos e fomentos a outros segmentos econômicos, como o agronegócio, referência para o desenvolvimento do projeto de instalação das fábricas de fertilizantes na cidade.


“Somos conhecidos como Capital da Energia, batendo recorde em geração de empregos, fruto desta nova realidade do mercado do óleo e do gás. E identificamos, através do diálogo com os produtores rurais da cidade, o potencial da nossa agricultura e da pecuária, setores que colocam a nossa cidade em destaque no Estado. Este novo olhar permite ao município buscar investimentos para a agroindústria, e por isso precisamos do apoio do governo estadual para criar novas legislações e benefícios que possam ampliar o nosso potencial”, afirmou Welberth que destacou ainda o potencial da cidade em elevar a produção pesqueira artesanal e da piscicultura.


A proposta de tornar Macaé polo na execução de novos incentivos fiscais e de estratégias de apoio à produção rural também foi destacada por Dr. Flávio.


“Podemos colaborar muito com os municípios com grande potencial como Macaé que demonstra interesse em fomentar o agronegócio. Ampliar a produção da soja no Estado é o nosso objetivo, por representar um segmento que também gera riqueza e investimentos. Quando caminhamos no interior é que vemos de perto a força do Rio de Janeiro”, apontou o Secretário.


Welberth convidou a equipe da Secretaria Estadual de Agricultura para participar da Exposição Agropecuária de Macaé, em julho.

A reunião também contou com a participação dos secretários de Agroeconomia, Dudu Jardim, Pesca, Jair Barcelos, Governo, Juninho Luna e da Casa Civil, Luiz Fernando Pessanha.


A parceria entre Macaé e o Estado também foi destacada pelos presidentes da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado (Pesagro-Rio), Paulo Renato Marques, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-Rio), Marcelo Costa e da Fundação Instituto de Pesca do Estado (Fiperj), José Carlos Gervazoni, que também participaram da reunião.



Após o encontro, o prefeito e a comitiva da Secretaria Estadual de Agricultura seguiram para reunião com a associação de produtores rurais da região. O encontro aconteceu na Fazenda Saudade, que concentra a principal área de produção de grãos e de gado confinado em Macaé.

* Texto: Texto: Márcio Siqueira / fotos: Divulgação / Comunicação Macaé


Divulgação:



Macaé / RJ



Macaé / RJ





1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page