top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Macaé: Fórum promove gestão participativa entre Associações de Moradores e Governo


Auditório da Câmara fica lotado para encontro entre lideranças comunitárias, o vice-prefeito e secretários de Governo


O primeiro Fórum Municipal das Associações de Bairro de Macaé foi promovido nesta sexta-feira (17), em um auditório lotado na Câmara Municipal, com o objetivo de aproximar os presidentes, vice-presidentes, diretores de associações de moradores e lideranças com o Governo e promover uma gestão participativa. O encontro discutiu projetos a serem realizados em diversas áreas como a infraestrutura urbana e ações em andamento.


Compuseram a

mesa de abertura o vice-prefeito Célio Chapeta; os secretários de Governo, Juninho Luna; de Relações Institucionais, Tito Simões; o presidente da Federação das Associações de Moradores de Macaé (Famma), Celso Henrique da Silva e os vereadores Luciano Diniz, Alan Mansur, Rond Macaé, Isa Vicente e Amaro Luiz.



- Em nome do prefeito Welberth Rezende, agradeço a todos que vieram. É uma vitória grande essa oportunidade para que vocês possam discutir com o Governo sobre os bairros – enalteceu o vice-prefeito Célio Chapeta.



De acordo com o secretário de Relações Institucionais, Tito Simões, o comprometimento das lideranças é fundamental para os projetos em Macaé.



“Vocês estão todos os dias à disposição das comunidades e hoje estão aqui para conversar para uma Macaé melhor, vocês são fundamentais em qualquer projeto de governo e queremos desenvolver as ações de forma planejada com vocês”, analisou.

Tito lembrou que o governo quer sempre trabalhar de forma conjunta com todas as associações para a promoção de resultados focada em uma qualidade de vida melhor para os munícipes.



“Temos como prioridade as demandas produzidas pelas associações”, destacou o Secretário de Relações Institucionais.



O presidente da Famma, Celso Henrique, pontuou que a Federação vai continuar trabalhando junto com os presidentes e diretoria dos bairros. “A Famma está de pé e vai se manter firme junto com a secretaria de Relações Instituições”, salientou.



A importância de parcerias foi ressaltada pelo secretário de Governo, Juninho Luna. “O prefeito Welberth Rezende está em busca de soluções para Macaé, o Governo trabalha em parceria com o Estado, com as associações de moradores e hoje estamos ouvindo a população dentro da premissa do governo de participação de todos para uma Macaé cada vez melhor”, comentou.



O líder do Governo na Câmara, vereador Luciano Diniz, enumerou ações expressivas de governo em andamento e outras que serão iniciadas como a construção de novas escolas, Centro de Imagem, Hemocentro, finalização para a operação de catarata, obras de macrodrenagem que vão começar em Itaparica, Nova Holanda, Nova Esperança. “Ouvir a população é fundamental para defender os bairros, as intervenções e a qualidade de vida”, observou Diniz.


A procuradora Bia Cooper ministrou palestra sobre a atuação da Procuradoria junto ao município.


Macaé investe R$ 400 milhões em obras

Os secretários de Infraestrutura, Santiago Borges; de Obras, Felipe Bastos; Serviços Públicos, Rodrigo Silva, explicaram no encontro sobre as obras em andamento no município. “Toda obra para ser feita precisa passar por licitação”, esmiuçou Santiago.


A Prefeitura divulgou que Macaé tem o maior programa de saneamento e drenagem do interior do estado, com cerca de R$400 milhões em obras em várias frentes no município.


Entre elas, a orla do Bar do Coco, duplicação da Ponte da Barra, revitalização da Cidade Universitária, abertura de novos consultórios odontológicos, obras de contenção na Pedreira da Aroeira, primeira obra pública da história da Ilha Leocádia, construção de área de lazer na Nova Esperança, Nova Holanda, Novo Horizonte e Lagomar e construção do BAC - Batalhão de Ações com Cães.


A construção da nova Ponte do Baião, as obras do Cais do Mercado de Peixes, a urbanização do Vale Encantado e Granja dos Cavaleiros, obras de desassoreamento do Rio Frederico, em Córrego do Ouro, o asfalto novo na Estrada do Imburo, a reinauguração do Restaurante Popular da Aroeira e a reforma do Parque de Exposições, além das que estão em andamento no Ginásio Poliesportivo, Moacyrzão, Teatro Municipal e Centro Cultural de Macaé foram citadas.


Dentro de serviços públicos, foram mencionadas a reforma de 70 praças e áreas de lazer por toda a cidade, a instalação de academias populares, a substituição de pontes de madeira por metálicas entre os distritos do Frade e Sana, a pavimentação na Nova Holanda.


Saneamento é destaque com estações de tratamento

No saneamento, o novo sistema de coleta, tratamento, armazenagem e distribuição de água de Córrego do Ouro, construção da Estação de Tratamento de Esgoto do Frade, da Unidade de Tratamento de Água em Glicério, da Unidade de Tratamento de Água no Frade, da Estação de Tratamento de Esgoto do Barreto, da Estação de Tratamento de Água de Trapiche (reforma), melhoria na Unidade de Tratamento de Água da Bicuda Grande e obras nas Unidades de Tratamento do Sana e do Óleo.


Na área de habitação, foram referidas regularização da Zona Especial de Interesse Social do Complexo da Ajuda, para a entrega de três mil títulos aos seus proprietários; trabalho técnico social na Ajuda; entrega de apartamentos do Conjunto Habitacional no Bosque Azul a famílias acolhidas pelo Programa Municipal de Habitação, topografia do Lagomar; realocação de famílias residentes na poligonal de risco traçada pela Defesa Civil na Fronteira; atendimento, com unidade habitacional própria a aproximadamente 50 famílias vítimas das fortes chuvas.


Trabalhos de Mobilidade urbana foram apresentados como revitalização e instalação das sinalizações verticais e horizontais no município, instalação de 900 paraciclos, criação do Programa de Acessibilidade da Pessoa com Deficiência (PCD) nos Serviços de Transporte e na Mobilidade Urbana do município e novo acesso viário próximo ao HPM.


Também neste setor, reforma do Terminal Cehab, melhorias infraestrutura do Terminal Central; melhorias de 20 linhas de ônibus, aumento da frota de 95 ônibus circulando no início de 2021 para 216 em 2023; início da nova licitação do transporte, operações intensificadas no combate a veículos irregulares, restauração de mais de 30 pontos de semáforos; intervenção na entrada bairro São Marcos; obra na descida para Linha Verde (Hotel Dubai) e instalação de novos abrigos de ônibus.


Serviços Públicos evidencia construções e instalações

Indicados no fórum a atuação dos serviços públicos em redes de esgoto, construção de passarela e instalação de manilha para escoamento de água, na Linha Azul, entrada do Bairro Verdes Mares, construção e instalação de passarela entre Macaé e Rio das Ostras, construção e instalação de passarela em Regalo, no Sana e disponibilização de caminhão pipa e de limpeza de fossa no bairro Malvinas.


Mutirão para limpeza e reparos em diversos bairros, operação tapa buraco, remodelagem da pista de bicicross, no Parque Aeroporto; construção de passarela próximo ao antigo Terminal da Lagoa, nivelamento e colocação de material na Estrada de Santa Teresa – Laranjeiras, construção de ciclovia da entrada do Novo Cavaleiros, de rede águas pluviais e asfaltamento, revitalização do lago e chafariz da Praça Veríssimo de Mello – Centro e reforma e manutenção no HPM foram apontados.


Além disso, instalação de aproximadamente 500 papeleiras/lixeiras, instalação de passarela na RJ-168, Rodovia Christino José da Silva Júnior – Virgem Santa, construção do Trevo – Mirante da Lagoa, reforma e construção do Posto de Saúde – Imburo e motoniveladora com colocação de solo brita em todos os bairros que possuem estradas não pavimentadas.


Projetos futuros incluem revitalização de calçadas para acessibilidade

Entre os projetos futuros citados estão, no setor de serviços públicos, implementação da coleta seletiva; instalação de passarela na Vila Badejo, atravessando o rio; substituição de todas as lixeiras de ferro por fibra; revitalização de todas as calçadas do Centro da cidade para inclusão de acessibilidade e instalação de novos chuveiros por toda a orla, da Lagoa ao Lagomar.


Na área de mobilidade urbana estão previstos 100 ônibus novos para 2023 e 100% da frota renovada até 2024; abrigos de passageiros sustentáveis; novas ciclovias, reforma dos Terminais Lagomar e Parque de Tubos; 100% de revitalização semafórica, revitalização no sistema de radar e avanço de sinais; bike compartilhada; novo acesso ao bairro Lagoa/Pecado; novo acesso ao bairro Novo Cavaleiros; novo roteiro nos cruzamentos Glória X Amaral Peixoto X Cavaleiros.


No setor de infraestrutura e obras, estão previstos projetos de urbanização que serão executados nos bairros Jardim Franco, Itaparica, Barreto, Parque União, Nova Esperança, Virgem Santa, Piracema e Estrada do Sana.


Melhorias habitacionais estão programadas como regularização fundiária do Lagomar, da Nova Esperança e da Piracema; Programa Casa da Gente em parceria com o governo do Estado, para construção de 400 unidades habitacionais incluindo a região serrana; cadastro, selagem e mapeamento fundiário e cerceamento de áreas desocupadas no Lagomar (convênio Petrobras).


* Jornalista: Janira Braga / Fotos: Rui Porto Filho / Comunicação Macaé


Divulgação:





Orla da praia da Imbetiba / Macaé / RJ



11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page