top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Macaé + 20 propõe cidade sustentável a longo prazo



O planejamento estratégico a longo prazo é o principal objetivo do projeto Macaé + 20, realizado pelo Escritório de Gestão, Indicadores e Metas (Egim), que estabelece uma projeção para os próximos 20 anos. O material apresenta as propostas para o desenvolvimento da cidade, com a implementação de um modelo de gestão estratégica nos órgãos da administração direta e indireta da Prefeitura de Macaé, considerando o gerenciamento dos recursos e o alcance das metas planejadas. A ideia é propor o crescimento ordenado e em sinergia com princípios de uso sustentável e consciente para promover qualidade de vida à população.


De acordo com o gerente do Egim, Rômulo Campos, os novos tempos exigem que os gestores municipais alinhem a equipe de governo aos princípios e compromissos do Executivo, constantes no Plano de Governo, na legislação pertinente e no Plano Diretor, além de integrá-la aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).


“A visão de curto prazo e a descontinuidade das ações configuram uma forma de ação que penaliza a sociedade porque impossibilita o alcance de resultados positivos, dificulta o aprendizado das experiências passadas e sobrecarrega o sistema com constantes reinvestimentos em soluções que respondem, na maioria das vezes, de forma paliativa. É nesse contexto que o Macaé +20 se insere, dando continuidade e aprofundando o processo de reflexão que vem se consolidando desde o início do governo”, acrescenta Rômulo.


Para implementar o Macaé + 20 serão realizados fóruns com o objetivo de levantar propostas a partir da discussão e análise preliminar dos dados coletados na pesquisa teórica e documental. Os fóruns terão participação do corpo técnico e da sociedade civil organizada a respeito da cidade de Macaé para os próximos 20 anos.


O projeto contará com as seguintes etapas: estruturação da equipe de trabalho; desenvolvimento e consolidação de rotinas; elaboração do diagnóstico; elaboração de texto base para discussão em fórum; seminário de apresentação do diagnóstico; fórum de elaboração de propostas (Fórum Macaé +20); pesquisas on-line junto à população; elaboração do texto final do Plano Estratégico Macaé +20.


As ações serão consolidadas em eixos estruturantes como: Economia para o Desenvolvimento Sustentável (local/regional); Desenvolvimento Social e Direitos Humanos; Planejamento Urbano e Rural; Meio Ambiente, Sustentabilidade e Desastres Naturais; Cidade Inteligente; Tecnologia e Inovação.


“As prefeituras brasileiras têm uma grande responsabilidade perante a sociedade, sendo indispensável alinhar todas as necessidades reais da população com o orçamento público, a capacidade técnica de seu corpo de servidores, dentre outros aspectos. Além disso, um dos principais compromissos de uma prefeitura é o de promover o diálogo direto e comprometido com a população, por meio de transparência em todos os processos da gestão municipal. O Macaé + 20 busca subsidiar o planejamento de políticas públicas fundamentais para a administração da cidade, e fazer de Macaé uma cidade mais inteligente, equilibrada e justa para o munícipe”, acrescenta o gerente do Egim.

* Jornalista: Tatiana Gama / Foto: Bruno Campos / Comunicação Macaé


Divulgação:



Luciana Perfumes e Presentes / 22 99824-9701 / Macaé - RJ





20 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page