top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Informe: Instituto Estadual do Ambiente (Inea) análise da qualidade da água na praia da Imbetiba


Foto: Luciana Taliat


O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) informa que monitora a balneabilidade da praia de Imbetiba, no município de Macaé. A última coleta para análise da qualidade da água foi realizada no dia 10 de janeiro e a praia foi considerada imprópria ao banho. A próxima coleta está prevista para ocorrer no dia 2 de março e os resultados são disponibilizados no portal do órgão ambiental estadual: www.inea.rj.gov.br A avaliação das condições de balneabilidade das praias é feita com base na resolução CONAMA 274/2000, onde são verificados os níveis de bactérias de origem fecal (coliformes fecais ou enterococos) nessas amostras coletadas de água. Uma praia é considerada imprópria para banho quando dois ou mais resultados dos cinco últimos se encontram acima de 1000NMP/100mL de coliformes ou 100NMP/100mL de enterococos; ou quando o último resultado se apresenta acima de 2500NMP/100mL de coliformes ou 400 NMP/100mL de enterococos (NMP é uma unidade de medida e significa Número Mais Provável). Dentre os diversos fatores que podem afetar na balneabilidade de uma praia podem-se destacar: a localização geográfica da praia (praias no interior de baías e praias oceânicas), a pluviosidade (incidência de chuvas), a proximidade com o deságue de rios e canais, e o extravasamento de galerias pluviais. Por fim, ressalta-se que a fiscalização do lançamento irregular de esgoto nos corpos hídricos é da prefeitura.


* Ascom Instituto Estadual do Ambiente / por: Sandra.






55 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page