top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Idoso que trabalha como Papai Noel é suspeito de abusar de neta deficiente

Homem de 68 anos foi preso e autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável


Homem acusado de estuprar a neta é preso por agentes no ParanáReprodução/Twitter

Um homem de 68 anos que trabalha como Papai Noel é suspeito de estuprar a própria neta, uma adolescente de 16 anos portadora de necessidades especiais. O criminoso foi preso e autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável nesta quarta-feira, 14, por uma equipe da Guarda Civil Municipal de Maringá no Paraná.


De acordo com o delegado plantonista Luiz Alves, a menor relatou os abusos a uma tia, mas as provas principais estão no aparelho celular do idoso, onde foram encontradas fotos que mostram ele abusando da vítima.

O Conselho Tutelar foi acionado e o caso também é acompanhado pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria).


Ainda segundo o delegado, o idoso teria confessou o crime e disse ainda que era assediado pela vítima. Ao tomar conhecimento do fato, o pai da adolescente que é filho do suspeito, ficou apavorado.


A menor relatou ao pai e familiares que o avô desferia diversas ameaças de morte se ela o denunciasse.


* https://odia.ig.com.br


20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page