top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Festival de Frutos do Mar de Rio das Ostras tem participação de Projeto Ambiental

Atividades do Projeto Iurukuá, da UFRJ, abordarão ciclo de vida e biologia das tartarugas marinhas


Foto: divulgação Assessoria Imprensa / Bruno Piroz


Rio das Ostras está em contagem regressiva para a 24ª edição do Festival de Frutos do Mar. Um dos mais tradicionais eventos do gêneros da Região dos Lagos, o Festival atrai moradores e turistas às areias da Boca da Barra, tendo como cenário o rio das Ostras desembocando no mar. Em 2022, pela primeira vez, o projeto Iurukuá, integrado à Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, fará parte da programação, trazendo a temática da vida marinha. O Festival acontece entre 12 e 15 de novembro.

Fotografia: Jorge Ronald


As atividades do Iurukuá acontecerão nas areias da praia da Boca da Barra no sábado, 12, e domingo, 13, das 12h às 17h30, com ações desenvolvidas numa tenda temática. Serão realizadas atividades que oferecem entretenimento e diversão por meio de materiais didáticos e jogos sobre curiosidades da tartaruga marinha.

“A gente trabalha medidas que podem auxiliar a diminuição dos impactos no ecossistema marinho, relacionadas, principalmente, à dinâmica de uso e descarte do lixo, para despertar no público a responsabilidade socioambiental e convidar as pessoas a somarem forças em um time que visa o respeito e a conservação da vida”, disse Vinícius Albano, professor da UFRJ e coordenador do projeto Iurukuá.

Projeto Iurukuá - O Projeto Iurukuá promove atividades desde 2016 com ações de extensão no Estado do Rio de Janeiro. Suas atividades acontecem por meio de oficinas em escolas, praias e em eventos do Calendário Ambiental. Elas alertam sobre as principais causas de ameaças e os riscos ambientais para todo o ecossistema, incluindo os seres humanos

O Iurukuá está vinculado ao Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade – Nupem, da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.



* Bruno Pirozi / Jornalista / Assessoria Imprensa



5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page