• Jornal Esporte e Saúde

Em dia de Gabigol, Bruno Henrique faz três e lidera vitória do Flamengo sobre o Corinthians

Na ponta do Brasileiro, Rubro-Negro recupera a vantagem de oito pontos sobre o vice-líder Palmeiras



Atacante marcou três vezes - Gilvan de Souza / Agencia O Dia.


Rio - Hoje, não teve gol do Gabigol, suspenso. Nada que Bruno Henrique não pudesse resolver. Com três gols, o atacante comandou a goleada de 4 a 1 sobre o Corinthians, neste domingo, no Maracanã, e fez jus à profética placa popularizada pela torcida rubro-negra para o camisa 9. Mateus Vital descontou para o Timão, mas Vitinho fechou a goleada que fez o Flamengo, cada vez mais líder, recuperar a vantagem de oito pontos de vantagem sobre o segundo colocado Palmeiras.


Em recuperação de uma torção no joelho direito, Diego Alves entrou para a estatística de 'milagres' do departamento médico do clube e, logo no início do clássico, teve que mostrar serviço para evitar o gol de cabeça de Gustagol. O susto deu a impressão de que o Corinthians não aceitaria a pressão rubro-negra.


Com o passar do tempo, a teoria caiu. O Flamengo recuperou o controle do jogo, teve mais posse de bola, mas não conseguiu superar a forte e aplicada marcação adversária. O excesso de cruzamento se mostrou uma opção ruim numa defesa com gigantes como o goleiro Cássio e o zagueiro Gil.


Com o Maracanã lotado, o torcedor teve quer ter paciência para comemorar o primeiro gol. Aos 45 minutos, Bruno Henrique abriu o placar no rebote do pênalti defendido por Cássio. A penalidade gerou discussão, mas o goleiro foi imprudente e atropelou Arrascaeta numa disputa aparentemente não tão perigosa.


No minuto seguinte, Gerson fez a jogada do jogo ao driblar Ralf na intermediária e deixar Bruno Henriquena cara do gol. O atacante encobriu Cássio com uma cavadinha para celebrar o segundo no jogo.


A torcida explodiu de vez. Na ensolarada tarde de domingo, o Flamengo não pisou no freio na volta do intervalo e no primeiro minuto do segundo tempo levou o Corinthians às cordas. Arrascaeta desviou de cabeça o lançamento de Marí, deixando Bruno Henrique livre para disparar e marcar o terceiro.


Numa falha de marcação, o Corinthians diminuiu com Mateus Vital, aos seis minutos, numa cabeçada por baixo das pernas de Diego Alves. Aos gritos de 'olé' e de 'olê, olê, olê, Mister', a torcida não acusou o golpe queria mais gols. E coube a Vitinho atender ao pedido num belo gol de fora da área, aos 21 minutos.


Festa na favela, festa no Maracanã, festa na cidade colorida de rubro-negro. Cada vez mais líder, o Flamengo parece ter iniciado a contagem regressiva para comemorar

mais um título.

* O DIA/Por MARCELO.




2 visualizações0 comentário