• Jornal Esporte e Saúde

Dia Mundial sem Tabaco será lembrado com live


Evento on line acontecerá no dia 31 de maio

Foto: Arte / reprodução internet.


Para lembrar o Dia Mundial sem Tabaco (31), a Secretaria de Saúde de Macaé, por meio do Programa da Área Técnica de Prevenção e Controle do Tabagismo, realizará uma live com a pneumologista, Cláudia Magaldi e os profissionais que atuam no programa. A coordenadora do Programa de Tabagismo, Janaina Magalhães, lembra que o Dia Mundial sem Tabaco, este ano, tem por objetivo reforçar a campanha lançada pela Organização Mundial de Saúde com o tema "Comprometa-se a parar de fumar durante a Covid-19." Ela reforça que é compromisso da Área Técnica de Prevenção e Controle do Tabagismo de Macaé estimular os tabagistas a refletirem sobre a possibilidade de parar de fumar nesse momento, principalmente, pelo uso do cigarro ser potencial fator de risco para o agravamento dos casos de Covid -19. "Sabemos que o tabagismo provoca alterações no sistema imunológico e a Covid-19 tem como principal alvo os pulmões, diante desse cenário, parar de fumar pode ser visto como uma importante janela de oportunidade", disse. Respeitando todos os protocolos referentes à Covid-19, o Programa de Tabagismo está oferecendo atendimento aos usuários que desejam parar de fumar. O tratamento de tabagismo é realizado na Casa de Convivência, localizada na Rua Visconde Quissamã, 482, no Centro de Macaé. Os usuários que tiverem interesse, poderão agendar, presencialmente, de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h ou pelo telefone (22) 2762-0413, no mesmo horário. Live - A live que irá abordar a temática deste ano "Comprometa-se a parar de fumar durante a Covid-19", será no dia 31, às 15h30, no Instagram da pneumologista, Cláudia Magaldi. Não precisa de inscrição prévia. O Dia Mundial sem Tabaco, comemorado no dia 31 de maio, foi criado em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um alerta sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo. Evite doenças Ao parar de fumar, o risco de ter essas doenças diminui gradativamente e o organismo do ex-fumante vai se restabelecendo: após 20 minutos, sua pressão sanguínea e pulsação voltam ao normal; após duas horas, não tem mais nicotina no seu sangue; após oito horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza; após dois dias, seu olfato já percebe melhor os cheiros e seu paladar readquire a capacidade de identificar sabores; após três semanas, a respiração fica mais fácil e a circulação melhora; após cinco anos, o risco de sofrer infarto será igual ao de quem nunca fumou. * Jornalista: Genimarta Oliveira \ Prefeitura de Macaé\Secretaria de Comunicação Social\Coordenadoria de Jornalismo.


Patrocinado:








4 visualizações0 comentário