top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Cultura publica tabela com cachês de artistas credenciados

Objetivo é avançar na política de valorização dos artistas locais / foto arte: Reprodução


No Dia do Músico, comemorado nesta quarta-feira (22), a Prefeitura de Macaé avança na política de valorização dos artistas locais. A resolução 002/2023, da Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPCM), fixa a tabela de credenciamento dos artistas no município. A proposta é estabelecer o cachê para 27 categorias já registradas.


A medida vai beneficiar categorias da cultura popular, conjunto musical, cultura urbana, apresentações circenses, stand-up, performers, poética, danças, teatro, músicos, artesanato, entre outras. As apresentações variam entre 30 minutos e 90 minutos, com remunerações entre R$ 1.500 e R$ 8.400,00.


O objetivo é contribuir com o processo de democratização da cultura, garantindo transparência nos registros e pagamentos dos agentes culturais. Desde o ano passado, a administração municipal tem realizado ações para a classificação e habilitação dos artistas, assim como os critérios para a contratação direta, agendamento para a participação de eventos do município, tempo de apresentação, além dos valores dos cachês.


O Secretário de Cultura, Leandro Mussi, destacou a importância do processo de Macaé, sendo uma das maiores políticas públicas, na área da Cultura, realizadas no estado. “O credenciamento de artistas em Macaé é uma iniciativa chave para realçar a diversidade e riqueza cultural da cidade, impulsionando o turismo e fortalecendo a economia local. Essa estratégia não só promove a identidade cultural de Macaé, mas também gera empregos e revitaliza a economia criativa, atraindo investimentos e turistas, consolidando a cidade como um epicentro de cultura vibrante e diversificada”, afirmou.


* Jornalista Tatiana Gama / Comunicação Macaé


Divulgação:






17 visualizações0 comentário
bottom of page