• Jornal Esporte e Saúde

‘Concertos Sinfônicos a Céu Aberto’ serão neste domingo


O ingresso é solidário: três produtos de higiene pessoal \ foto arte: Reprodução


Com o apoio da Prefeitura de Macaé, a produtora cultural Beco das Artes realiza neste domingo, 28, das 9h às 18h, os ‘Concertos Sinfônicos A Céu Aberto’, com o tema ‘Arte Viva Para Todos’. Além de três orquestras, solistas convidados, apresentação de dança, exposição de artistas plásticos, feira de economia criativa e intervenções instrumentais estão na programação. O evento conta ainda com praça de alimentação.

A proposta é democratizar a música clássica e a cultura. Para acesso à área do evento, na Praia do Pecado, basta trocar três produtos de higiene pessoal por um ingresso solidário. É recomendado levar cadeira de praia ou cangas para assistir as apresentações.

Às10h, o 'Quinteto Metais do Cerrado' de Goiânia, um projeto apoiado pelo governo do Estado de Goiás, abrirá o Concerto. O grupo é composto por doutores e mestre em Música e integrantes das orquestras Sinfônica e Filarmônica de Goiás.

A macaense Orquestra de Sopros Banda Sinfônica Nova Aurora, que comemorará seus 150 anos no próximo ano, se apresentará às 11h30. Regida pelo maestro Hélio Rodrigues, que integra a Orquestra de Sopros Banda Filarmônica do Rio de Janeiro, a Sinfônica trará solistas convidados e ainda a participação de bailarinos da Soul Dance Centro Artístico.

O tenor, Jesse Bueno, cantará ‘III ato da Ópera Turandot - Nessun Dorma’, de Giacomo Puccini, e o soprano, Mariana Gomes, 'The Ecstasy Of Gold', de Ennio Morricone, e também ‘How Can I Go On’, de Fredie Mercury. O tenor e o soprano são integrantes do Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. No sax soprano, Eduardo Bruno, apresentará 'Feira de Mangaio', de Sivuca e Glorinha Gadelha. Já Fábio Guma Henriques e Tobias Maciel interpretarão Alceu Valença.

Às16h30, a participação será da Orquestra Popular de Macaé (OPM). Mas o evento abrirá espaço também para o jazz, recebendo o grupo Macahiba Jazz, entre outros intérpretes.

"Projetos como esse reforçam o grande potencial de Macaé em produzir cultura em suas mais variadas formas, oferecendo a nossa população a oportunidade de conhecer grandes trabalhos e também grandes talentos”, diz o secretário de Cultura, Leandro Mussi.

“Nunca foi tão simbólico extrapolar os limites dos concertos em teatros, salas fechadas e levar música a inúmeras pessoas. O potencial artístico do projeto de espetáculo ao ar livre comprova que o erudito também pode ser popular”, afirma a coordenadora do Beco das Artes, Agnes Williams, que frisa a importância das parcerias com empresários e com a prefeitura para a realização dos concertos.

“Teremos a participação de solistas de alto nível, como o soprano Mariana Gomes, que é Mestre em Canto Lírico, com especialização na Romênia, e integra o Coro Sinfônico do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, e o tenor Jessé Boeno, também do Municipal do Rio, além dos solistas macaenses. É uma honra para a Orquestra de Sopros de Macaé”, destaca o maestro Hélio Rodrigues.

* Jornalista: Andréa Lisboa \ Comunicação Macaé


Divulgação:






8 visualizações0 comentário