• Jornal Esporte e Saúde

‘Concertos Sinfônicos A Céu Aberto’ atrai público de todas as idades




Sol, céu azul, sombra, água fresca e muita música, assim foi o domingo em Macaé. Com o apoio da prefeitura foi realizado os ‘Concertos Sinfônicos A Céu Aberto’, atraindo dezenas de pessoas de todas as idades. Com cadeiras de praia e cangas espalhadas sob as árvores, o público pode apreciar um repertório impecável.

O evento organizado pela produtora cultural Beco das Artes, teve como tema ‘Arte Viva Para Todos’. As apresentações musicais foram intercaladas com dança e exposição de artistas plásticos.



A professora, Giuliana Leal, e os filhos Tales e Gael, de cinco anos aprovaram o evento. “Eventos como esse são uma ótima iniciativa, principalmente para que as crianças e adolescentes possam conhecer um pouco de música clássica. Além de ser uma boa opção cultural acessível a toda população”, frisou.


O empresário e pai das flautista e percussionista da Orquestra de Sopros Banda Sinfônica Nova Aurora, Cristal e Jade, Mário Sousa foi ver as filhas e prestigiar o evento, que na opinião dele deve ser levado para outros bairros. “Muito bom poder ver minhas filhas se apresentando aqui, mas gostaria que essa ideia fosse replicada em outros bairros”, pontuou. Mário estava com sua mãe, Neuza Barqueta que veio do Rio de Janeiro para ver as netas e curtir as demais apresentações.



Para a coordenadora do Beco das Artes, Agnes Williams, este foi um momento histórico para a cidade e de valorização da cultura. ”Quem não veio perdeu, estamos valorizando o que é nosso e levando o nome de Macaé para o mundo. Sou muito grata ao prefeito, Welberth Rezende pelo apoio que tem nos dado e as diversas secretarias municipais”, disse.



Ela ainda acrescentou, que o próximo projeto será em outubro, voltado para as crianças. “Estamos preparando uma grande surpresa, podem aguardar que teremos uma programação especial, com muita brincadeira e diversão”, garantiu.



Pela primeira vez em Macaé, o Quinteto Metais do Cerrado, que está na sua turnê nacional, “Conexões Brasil Central”, tem se apresentado em parques, escolas, universidades, igrejas levando um repertório de música brasileira com ênfase em compositores goianos. “Estamos felizes pelo convite e por anteceder a Orquestra de Sopros Banda Sinfônica Nova Aurora”, disse Marcos Botelho, doutor em Música e professor de trombone. O quinteto ainda é composto por Antônio Cardoso, Alessandro Costa, Igor Yuri Vasconcellos e Thiago Aguiar Paranagua.



O maestro da Orquestra de Sopros Banda Sinfônica Nova Aurora, Hélio Rodrigues destaca a oportunidade de se apresentar na cidade. “Apesar dos nossos 149 anos e sermos da cidade, temos poucas ocasiões de nos apresentarmos no município. Hoje mostramos um pouco de nossa arte para o público macaense. A população teve a oportunidade de conferir uma programação bem eclética”, pontou.



A apresentação Orquestra de Sopros Banda Sinfônica Nova Aurora contou com a participação da Soul Dance Centro Artístico, o soprano Mariana Gomes, que é Mestre em Canto Lírico, com especialização na Romênia, e integra o Coro Sinfônico do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, e o tenor Jessé Boeno, também do Municipal do Rio, além dos solistas macaenses.



Também se apresentou durante os ‘Concertos Sinfônicos A Céu Aberto’ a Orquestra Popular de Macaé (OPM), com um repertório que empolgou o público. O evento contou com outras participações musicais e culturais, além de praça de alimentação.


* Jornalista: Genimarta Oliveira \ Fotos: Ana Chaffin \ Comunicação Macaé


Divulgação:






Macaé - RJ




11 visualizações0 comentário