top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Comissão da Firjan em Macaé se reúne com prefeito para levar pleitos empresariais a Brasília

Welberth Rezende e o vereador Luciano Diniz foram até a Comissão ouvir as reivindicações que serão levadas a Brasília semana que vem


Foto: Divulgação


O prefeito de Macaé, Welberth Rezende, e o vereador Luciano Diniz, líder do governo na Câmara, estiveram na última reunião da Comissão Municipal da Firjan para ouvir os empresários a respeito dos principais pleitos da região. O objetivo é reunir informações para levar as principais reivindicações a um encontro que acontecerá no dia 8 de fevereiro com André Ceciliano, secretário de Assuntos Federativos da Presidência da República. Entre as pautas prioritárias estão uma maior celeridade no processo de relicitação da BR-101 e a inclusão de um trecho da futura EF-118 até Macaé.

“O desenvolvimento da cidade e da região passa essencialmente por melhorias de infraestrutura, e neste encontro pudemos apresentar as agendas mais urgentes ao governo. A construção desta agenda nos permite apresentar a perspectiva dos empresários que investem no crescimento da nossa cidade”, destacou o coordenador da Comissão, Gualter Scheles.

Manutenção dos voos


Além da BR-101 e da EF-118, outro assunto que será tratado em Brasília será a situação do Aeroporto de Macaé. Segundo o prefeito, os voos de Macaé para Rio de Janeiro e São Paulo serão suspensos durante um período da reforma, que tem previsão de durar dois anos. O objetivo do prefeito é buscar um entendimento com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para evitar a suspensão, já que o projeto original de reforma previa a manutenção dos voos.

Outras questões de âmbito federal levadas a Brasília são a ampliação da Cidade Universitária e dos cursos disponibilizados pela UFRJ; e a urgência em facilitar novas rotas de gás, a fim de viabilizar a transformação da cidade num grande hub de fertilizantes do país.

“Me coloco à disposição, sempre, das instituições empresariais que movimentam a nossa economia e contribuem de forma direta com o fortalecimento de Macaé. Vamos promover uma reunião de aproximação em Brasília que será muito importante para o que planejamos para a cidade”, disse o prefeito.

Nova rodoviária e urbanização


A reunião, que aconteceu nesta quarta-feira (1/2), também debateu o andamento de projetos atribuídos ao Estado, como a concessão da Rodoviária de Macaé para o município e, em seguida, a construção do novo terminal. O prefeito destacou que continua buscando parcerias privadas para o empreendimento, mas não descartou que o próprio município assuma a obra. Outro ponto importante foi a reforma da Estrada de Santa Tereza, fundamental para o acesso ao Terminal Portuário (Tepor) de Macaé, cujas obras têm previsão de serem iniciadas neste ano.

O prefeito também destacou a nova Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN), que poderá atrair novas indústrias. Ao lado do trecho da EF-118 reivindicado pela prefeitura, o objetivo é atrair usinas de fertilizante para a cidade. Outros pontos abordados foram reformas de urbanização, drenagem e a antecipação de um calendário turístico-cultural, a fim de prolongar a estadia de turistas a lazer na cidade.


* Felipe Sáles / Assessor de Imprensa /Gerência de Imprensa e Conteúdo (GIM)

/ Firjan Norte e Noroeste Fluminense


17 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page