• Jornal Esporte e Saúde

Com gol histórico de Fred, Fluminense vira sobre o Vila Nova na Copa do Brasil

Time goiano ameaça aprontar no Maracanã e chega a abrir dois gols de vantagem, mas Flu consegue a virada e vai para o segundo jogo com a vantagem do empate. Fred se torna o maior artilheiro da história da competição


Resumão


O Fluminense demorou a despertar, mas entrou no jogo e conseguiu vencer o Vila Nova por 3 a 2 na noite desta terça-feira, no Maracanã, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Com uma atuação muito ruim no primeiro tempo, o Flu foi dominado e chegou a ficar dois gols atrás no placar. Mas, principalmente depois das entradas de Caio Paulista e Ganso, conquistou a vitória com gols de Ganso (de pênalti), Cano e Fred. O jogo de volta acontece no mês que vem.

O maior de todos

Fred entrou no segundo tempo no lugar de Willian Bigode, teve participação pequena no segundo gol (ele passa pela bola na primeira trave) e decretou a virada do Fluminense. Com o gol marcado quase nos acréscimos, ele chegou a 37 gols marcados na Copa do Brasil, ultrapassou Romário e se tornou o maior artilheiro da história da competição.


Fred festeja em Fluminense x Vila Nova (Foto: André Durão)

Vaias para Abel

Apesar da virada, a torcida do Fluminense pegou no pé de Abel Braga. Ainda no intervalo, quando o Vila Nova vencia por 1 a 0, os torcedores vaiaram e xingaram bastante o treinador. No início do segundo, quando o Vila fez o segundo, eles chegaram a gritar "olé" ironicamente. Já no fim do jogo, foi possível ouvir um misto de aplausos e vaias ao time tricolor.


Vila surpreende

O Vila Nova foi superior no primeiro tempo. Com uma boa postura defensiva e agressivo nos contra-ataques, a equipe goiana acertou na estratégia, conseguiu neutralizar as principais investidas do Flu e saiu na frente no placar com Rafael Donato aproveitando o escanteio. O Fluminense até aqui tem uma atuação sem criatividade. André e Arias não conseguem achar os atacantes, que acabaram sendo pouco acionados. Torcedores presentes no Maracanã vaiaram bastante a equipe e o técnico Abel Braga.


Virada tricolor

No segundo tempo, o Fluminense começou melhor, mas foi o Vila que abriu o placar com Pablo Dyego aproveitando a bola cruzada na área. Com Ganso e Caio Paulista em campo, o Flu passou a pressionar o time goiano até conseguir o empate: o próprio Ganso (de pênalti) e Cano deixaram tudo igual. Já no apagar das luzes, Nonato conseguiu enfiar bola bola para Fred, que bateu de primeira, decretou a virada e entrou para a história da Copa do Brasil.


Jogadores do Fluminense comemoram com Fred (Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Tem a volta

Vila Nova e Fluminense voltam a se enfrentar no dia 11 de maio, às 21h30 (de Brasília), no Serra Dourada, em Goiânia. O Flu vai jogar por um empate para se classificar.


Próxima rodada

As duas equipes voltam a campo no próximo sábado, às 19h (de Brasília). O Fluminense enfrenta o Inter no Maracanã pelo Brasileirão enquanto o Vila Nova visita o Ituano pela Série B.

* https://ge.globo.com/rj/futebol/


Patrocinado:





3 visualizações0 comentário