• Jornal Esporte e Saúde

Com apenas duas finalizações na direção do gol, Fluminense passa longe da vitória contra o América

Os dois arremates que encontraram a direção do gol defendido por Matheus Cavichioli vieram aos sete minutos da primeira etapa


O Fluminense teve uma atuação muito ruim na derrota para o América-MG por 1 a 0, no Independência, em partida válida pela 15ª rodada do Brasileirão, no último domingo. Os números, inclusive, mostram como o Tricolor passou longe de vencer o confronto. Segundo o site "FootStats", o time de Roger Machado conseguiu apenas duas finalizações na direção do gol de Matheus Cavichioli.


O Fluminense teve uma atuação muito ruim diante do América-MG (FOTO: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)

Foto: Lance!



Para piorar, essas duas finalizações que encontraram a direção do gol do América-MG vieram aos sete minutos da primeira etapa. Não por acaso, foi neste momento do jogo que o Fluminense criou sua única grande chance em todo o confronto.


Nene enfiou uma boa bola para Egídio, que invadiu a área e conseguiu a finalização. Matheus Cavichioli espalmou e a bola sobrou para Fred, que chutou para mais uma defesa do goleiro do Coelho. Fora isso, pode se citar que Matheus Martins conseguiu uma ótima arrancada na reta final do jogo, mas não conseguiu a finalização.


E ficou apenas nisso. Os "melhores momentos" do Fluminense no ataque podem ser explicados em um único parágrafo, como foi feito acima. Em todo o segundo tempo, inclusive, o Tricolor conseguiu apenas uma finalização, que não teve a direção do gol. Aos 17 minutos, Martinelli arriscou um chute de fora da área, mas a bola passou por cima da meta do Coelho.


Ainda vale lembrar que o América-MG teve pelo menos duas chances claras de gol para matar o jogo na etapa final. Na primeira, Chrigor, que estava sozinho e sem marcação na pequena área, furou a bola e, na segunda oportunidade, Marcos Felipe fez uma grande defesa.


No total, segundo o site "SofaScore", o goleiro do Fluminense fez seis defesas, sendo quatro delas dentro da área. Assim, Marcos Felipe foi peça importante para evitar uma derrota maior, o que prejudicaria o saldo de gols do time. Após a partida, Marcos Felipe mostrou insatisfação pela maneira como o time jogou e destacou a necessidade de entrar em campo focado.


- Acho que a gente tem que entrar mais concentrado. Foi o que eu falei no início, independentemente do adversário, nós temos que entrar focado, porque são jogos muito difíceis nesse Brasileiro, é uma maratona. Nós temos jogos importantes pela Libertadores, pela Copa do Brasil e temos que focar também no Brasileiro. A gente não pode aceitar jogar dessa maneira, temos que buscar os três pontos sempre - comentou ele à TV Globo.


Agora, o Fluminense recebe o Barcelona de Guayaquil na próxima quinta-feira, às 21h30, no Maracanã, em confronto válido pelas quartas de final da Libertadores.


* https://www.terra.com.br/João Alexandre Borges.

1 visualização0 comentário