• Jornal Esporte e Saúde

Com a alta da gasolina, interesse por Scooters Elétricas cresce, em Macaé

Em abril, pelo 11º mês consecutivo, a gasolina registrou alta. O valor do litro varia, em média, a R$ 5,737. As informações constam em levantamento da ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas. As capitais do Acre (R$ 6,181) e Rio de Janeiro (R$ 6,164) foram as que apresentaram maiores preços médios em março. Gasolina cara fez também o preço do etanol subir em todos os estados brasileiros.


Na Capital Nacional do Petróleo a realidade não é diferente. Ter um veículo movido a gasolina virou artigo de luxo. Com o preço da gasolina chegando a R$ 6 nas bombas dos postos de combustíveis da região, fica cada vez mais difícil conseguir manter os gastos com abastecimento.


Com essa alta na gasolina, o interesse por veículos elétricos também aumentou. O reflexo disso pode ser observado no trânsito. Alternativa como a Scooter Elétrica está caindo nas graças da população. Além do baixíssimo preço , com recursos avançados, as Scooters têm entre suas vantagens a sustentabilidade em energia limpa, sem a emissão de gás carbônico, sem falar que, o condutor não precisa de carteira de habilitação, não gera multas, e não tem IPVA.


Anderson e André \ foto: divulgação.


Recentemente, Macaé inaugurou a loja Carbono Zero, localizada na Galeria Praiana, nos Cavaleiros, especializada em Scooter Elétrica, e a procura tem surpreendido os proprietários, Anderson Rangel e André Machado.


Os recursos de navegação de uma Scooter varia de acordo com a potência. Uma Scooter de 3000W, por exemplo, tem autonomia de 55 a 60 km; bateria de 24AH; Capacidade de 230 kg de carga; Porta objetos embaixo do assento; e Carga de 4 à 6 horas, ao custo aproximado de R$1,20. Uma Scooter de 1.500W, tem autonomia de 35 a 40 km; bateria de 12 AH; capacidade de 170 kg de carga; Bluetooth; e carga de 4 à 6 horas, ao custo aproximado de R$0,80. Já a Scooter de 2.000W, tem autonomia de 45 a 50 km; capacidade de 200 kg de carga; porta objetos; e carga de 4 à 6 horas, ao custo aproximado de R$1,00.


“As vantagens em adquirir uma scooter elétrica são inúmeras, principalmente neste momento em que a economia se faz necessária”, disse André Machado.


Francisco Navega \ foto: divulgação.


O empresário, Francisco Navega foi um dos visionários que já investiram nesse tipo de transporte. “Escolhi a Scooter por ser uma opção sustentável, não só pela economia, mas pelo prazer de contribuir com o meio ambiente. Eu acho isso muito interessante. E acho que essa modalidade de produtos elétricos veio para ficar”, concluiu o cliente sustentável.


* Monalisa Fagundes \ assessora de imprensa.



6 visualizações0 comentário