• Jornal Esporte e Saúde

Com ótimo 1º tempo e quase gol do meio de campo, Fluminense despacha Goiás e sobe para quinto lugar

Com ótimo 1º tempo e quase gol do meio de campo, Fluminense despacha Goiás e sobe para quinto lugar


Em partida marcada por lance incrível de Nenê, Martinelli (2x) e Nino balançam as redes para o Tricolor. Esmeraldino perde chance de se aproximar dos times de fora do Z-4


- Vitória com sobras


O Fluminense precisou de apenas um tempo para construir a vitória por 3 a 0 sobre o Goiás, na noite deste domingo, no Nilton Santos, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nino, aos 16 minutos, e Martinelli, aos 25 e aos 36, fizeram os gols do Tricolor, que poderia ter vencido até de placar mais elástico em razão da grande atuação na primeira etapa.


- Pegou o elevador


Com o resultado, o Flu chegou aos 53 pontos, e subiu da sétima para a quinta colocação na classificação. O Tricolor ultrapassou o Grêmio, que empatou com o Coritiba, e o Palmeiras, que joga apenas na terça-feira em razão da final da Libertadores no sábado. Já o Goiás segue na 18ª posição com 29 pontos. O Esmeraldino perdeu a chance de se aproximar dos times que estão fora da zona do rebaixamento. Confira a tabela completa.


- O gol que Nenê não fez...


A partida ficou marcada por um quase golaço de Nenê. O veterano aproveitou que o goleiro Tadeu estava fora do gol após cobrar uma falta no campo ofensivo e chutou de trás do meio de campo. A bola foi na direção certa, mas caprichosamente quicou na frente da baliza e foi para fora.


O veterano, aliás, foi um dos destaques do Flu na partida. Ele quem cobrou o escanteio para o gol de cabeça de Nino, bateu uma falta no travessão e ainda deu dois passes açucarados para Fred e Lucca, que desperiçaram as chances.


Bola encobre o travessão e Nenê quase faz golaço do meio de campo em vitória do Fluminense (Foto: André Durão)


- Dose dupla


O jovem volante Martinelli marcou seu primeiro gol como profissional. E também o segundo. Os dois, curiosamente, contaram com "ajudinhas" de jogadores do Goiás. O primeiro veio de uma bomba de fora da área, que explodiu na trave, bateu nas costas de Tadeu e entrou. O segundo veio em uma tentativa de chute colocado, que desviou na defesa e entrou.


Bomba de Martinelli bate na trave, nas costas de Tadeu e vai para as redes em Fluminense x Goiás (Foto: André Durão)


O jogo


O Goiás chegou a pressionar nos primeiros minutos, mas o Fluminense logo tomou conta da partida e construiu o placar já no 1º tempo. Nino abriu o placar aos 16 minutos de cabeça após cobrança de escanteio de Nenê. Martinelli ampliou aos 25 em bomba de fora da área que bateu na trave, nas costas de Tadeu e entrou, e fez mais um aos 36 em chute que contou com desvio. O Tricolor poderia ter feito uma goleada antes do intervalo. Nenê quase fez um golaço de trás do meio de campo e ainda acertou o travessão em cobrança de falta. Ele também deixou Lucca e Fred na cara do gol, mas os atacantes desperdiçaram.


Com a larga vantagem no placar, o Flu tirou o pé e apenas controlou a partida no 2º tempo. O Esmeraldino tentou reagir com subidas de Índio pela direita e muitas bolas levantadas na área, mas não conseguiu levar perigo. Quem quase marcou foi o Tricolor, em contra-ataques com finalizações de Fernando Pacheco e Caio Paulista.


- Próximos jogos


O Fluminense enfrenta o Bahia na Arena Fonte Nova na próxima quarta-feira, dia 3, às 21h30, pela 34ª rodada. No mesmo dia e horário, o Goiás recebe o Atlético-MG na Serrinha.


* https://globoesporte.globo.com/.


Patrocinado:






6 visualizações0 comentário