• Jornal Esporte e Saúde

Casos de Covid-19 faz prefeito de Trajano Rodrigo Viana emitir novas sanções


Boletim oficial na data 27 12 20\Divulgação.


A programação de fim de ano continua suspensa em Trajano de Moraes, é o que confirma o novo Decreto 117/2020 assinado pelo prefeito Rodrigo Viana. A iniciativa foi tomada após o aumento de casos na cidade – o que torna agora muito mais rígida as ações e prorroga as medidas de isolamento social, por conta do coronavírus. Todos os eventos privados de frequência franqueada ao público em geral, gratuitos ou não, estão proibidos até o dia 4 de janeiro de 2021.


PREFEITO RODRIGO VIANA EMITE NOVO DECRETO COM MEDIDAS MAIS RESTRITIVAS E SANÇÕES MAIS RÍGIDAS EM TRAJANO - ASCOM DOUGLAS SMMITHY.


“Vale dizer que esse é um momento em que temos que continuar pensando no próximo. Como gestor público, é meu papel zelar pela vida de todo cidadão trajanense. Essas medidas adotadas no decreto tendem somente a cuidar de cada um. A Covid-19 está e os casos aumentaram em nossa cidade. Relembro que fomos à última cidade no Estado a ter registro de casos e o óbito, por conta de um trabalho em conjunto”, disse o prefeito.


A proibição prevista no decreto não afeta reuniões e comemorações entre amigos próximos e familiares, no interior das residências. “O crescente número de casos de contaminação confirmada em Trajano de Moraes, com registro, inclusive, de um óbito por decorrência do vírus, fez-se a necessidade de adoção de medidas mais drásticas para combater as chances de propagação do vírus. Pelas famílias que continuem usando a máscara e álcool gel como forma de prevenção”, solicitou Rodrigo Viana.


O decreto proíbe ainda a comercialização e a utilização de quaisquer espécies de fogos de artifício até 4 de janeiro de 2021. “Presume-se a frequência franqueada ao público e, portanto, sujeito a interdição imediata, a presença de mais de 10 (dez) pessoas no local de realização do evento sem comprovação de vínculo familiar direto com o responsável por sua realização. Essas ações são necessárias e elas tendem a ser imediatas. O órgão responsável pela fiscalização tem o aval diante o decreto para que medidas sejam tomadas”, frisou o prefeito.


Até o dia 27, o município confirmou 346 casos. Esses registros estão divididos, ou seja, 34 casos em Maria Mendonça, 16 em Monte Café, 12 em Lagoinha, 135 em Trajano de Moraes, 75 em Visconde de Imbé, 27 em Barra dos Passos, 13 em Sodrelândia, 4 em Serra das Almas e 30 na localidade de Tapera. O município registra atualmente 2.799 casos descartados, 2 internações hospitalar e 2 óbitos. Estão em isolamento de quarentena 205 casos, 40 casos com Covid-19 confirmados e 306 casos recuperados segundo o Boletim Oficial emitido pela Coordenação de Vigilância e Saúde.

* Assessoria de Comunicação - Ascom\Douglas Smmithy\Prefeitura de Trajano de Moraes.



3 visualizações0 comentário