• Jornal Esporte e Saúde

Casimiro de Abreu começa a realizar castrações de cães e gatos gratuitamente

A conquista é fruto da parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura


Campanha castração Casimiro de Abreu / foto: Divulgação.


Uma boa notícia para todos! O município começou a realizar castrações de cães e gatos, gratuitamente, por meio da parceria com o Governo do Estado. As castrações fazem parte do projeto piloto da Secretaria de Estado de Agricultura e vão beneficiar animais de todo município. O serviço atenderá, principalmente, os animais de rua, por meio dos protetores. Para o agendamento é necessário acessar o link https://rjpet.com.br/entrar e fazer o cadastro do responsável ou protetor e do animal.

Antes do cadastro, os protetores têm que encaminhar para o email rjpet@agricultura.rj.gov.br os seguintes documentos: RG, comprovante de residência atualizado do estado do Rio de Janeiro, declaração de um médico veterinário reconhecendo o trabalho de protetor realizado e documentos que comprovem a prática, dados completos do local de acolhimento dos animais. Cada protetor poderá cadastrar oito animais por mês, e os responsáveis, um animal por CPF.

Em Casimiro de Abreu as castrações serão realizadas pela clínica veterinária Luana Cardoso, localizada no Centro, ao lado da Biblioteca Municipal, que também poderá auxiliar no cadastro e agendamento do serviço.

Já os moradores de Barra de São João podem optar em levar os animais à clínica veterinária Apaixonados por Quatro Patas, em Rio das Ostras. Ambas estão aptas e conveniadas para a realização do procedimento pela empresa Consulvet, responsável pelas castrações na Região da Baixada Litorânea.

É importante ressaltar que, para a realização do procedimento existem algumas condições essenciais sobre o animal, a principal delas é sua saúde. Antes do procedimento, o animal vai passar por uma avaliação clínica pela médica veterinária. Outras condições importantes do animal são:

* deverá ter no mínimo 6 meses de idade;

* o peso máximo deve ser de 25 kg;

* não pode ter sido vacinado com menos de 21 dias da data do procedimento;

* fêmeas no cio, gestantes ou que estão amamentando não poderão ser castradas;

* os cães (machos ou fêmeas) devem ser levados com guias e coleiras. Se forem agressivos devem usar focinheira;

* os animais devem estar em jejum absoluto (água e comida), por um período de 12 horas antes do procedimento.

No dia da cirurgia o responsável deverá levar cópia da identidade, CPF, comprovante de residência e assinar o termo de responsabilidade. Se possível, deverá dar banho no animal um dia antes do procedimento.

Foto: Arte / divulgação.


SECOM - Casimiro de Abreu



1 visualização0 comentário