• Jornal Esporte e Saúde

Campeonato de Ciclismo atrai turistas do Brasil inteiro para Macaé



O Campeonato Brasileiro Sub 30/Master de Ciclismo de Estrada, circuito norte-sul/Rodovia Amaral Peixoto (Imboassica) - que começou nesta sexta-feira (7) e segue até domingo (9) - atraiu turistas de todos os estados brasileiros para Macaé, entre atletas, técnicos e admiradores. Conhecida como a "Princesinha do Atlântico", a cidade está sendo alvo de elogios pela infraestrutura e pelas belezas naturais.


Considerado “a lenda do ciclismo”, Antonio Tadeu de Castro (71) veio de Belo Horizonte (MG) e classificou Macaé como a melhor cidade para competir. O atleta disputa há 25 anos e já recebeu o título de campeão brasileiro por 14 vezes pela categoria Master D. Segundo ele, a cidade, além de linda, tem um potencial inigualável.


“É uma satisfação estar aqui em Macaé. Estou admirado. Eu nunca participei de uma competição tão perfeita como essa. Nós, atletas, estamos felizes e agradecidos. Macaé é linda e quero voltar para conhecer a região serrana”, destacou Antônio Tadeu, que compete neste domingo (9) em busca de mais uma vitória.


De acordo com o organizador da Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (FECIERJ), Décio Viana, o evento foi muito aguardado pelos ciclistas federados de todo Brasil. “Essa é a competição mais importante do ciclismo. A mais esperada. Ficamos felizes com o número de inscritos, que ultrapassou 500 e bateu todos os recordes. Esses dados nunca foram vistos antes e isso se deve à infraestrutura de Macaé, com uma rede hoteleira de qualidade, diversas alternativas de bons restaurantes, além das inúmeras belezas naturais”, ressaltou Décio.


A competição conta com mais de 500 atletas dos 26 estados e do Distrito Federal. A premiação será de R$15 mil, valor a ser dividido pelas categorias participantes. O evento é organizado pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (FECIERJ) e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Macaé, por meio das secretarias de Esportes, Adjunta de Turismo e Mobilidade Urbana. O objetivo é difundir ainda mais o esporte no país e proporcionar no calendário de Macaé provas de qualidade.

A realização de eventos constitui uma importante forma de atração de visitantes, favorecendo o turismo, além de contribuir para a formação da imagem da cidade. De acordo com o secretário de Turismo, Leonardo Anderson, alguns hotéis atingiram taxa de 100% de ocupação. “A iniciativa alavanca toda cadeia de serviço de turismo, e faz parte da estratégia da Prefeitura a promoção da cidade para captar cada vez mais eventos como esse e, com isso, promover o turismo e a economia”, pontuou o secretário.


Léo Anderson enfatiza que o suporte ao turismo vem sendo dado pelo governo municipal, que atua como importante apoiador do segmento. Para isso, ações voltadas ao planejamento e à capacitação estão sendo implantadas. O Calendário de Eventos Turísticos do município, por exemplo, é uma parceria entre o poder público e a iniciativa privada. A gastronomia, a cultura e o esporte integram a programação para estimular o turismo em todas as épocas do ano.


Outras ações incluem a criação do Posto de Informações Turísticas, no Cavaleiros (PIT), inaugurado em julho deste ano, e a oferta de cursos gratuitos voltados ao setor, como os que estão em andamento, oferecidos pela Secretaria Adjunta de Qualificação Profissional, o de Condutores de Turismo e o de Recepcionistas.


Macaé é reconhecida pelo Ministério do Turismo com categoria A. Ela faz parte de um grupo que só tem os 57 municípios mais importantes do Brasil, graças à sua boa infraestrutura de hotéis, restaurantes, rodovias, entre outros.


* Jornalista: Julie Silveira / Fotos: Moisés Bruno / Comunicação Macaé


Divulgação:






8 visualizações0 comentário