• Jornal Esporte e Saúde

Campanha estimula o teste como prevenção à transmissão da Aids




Para participar, a pessoa entra em contato com o programa, através do telefone (22) 2796.1234 e agenda o teste rápido

Foto: Arte / reprodução internet.


Com foco na prevenção, surge uma parceria que visa beneficiar a população LGBTQIA+ de Macaé. Trata-se da Campanha de Testagem Rápida para doenças sexualmente transmissíveis, que a partir desta quarta-feira (7) estará aberta para o agendamento. Para participar, a pessoa entra em contato com o programa, através do telefone (22) 2796.1234 e agenda a data e horário para fazer o teste rápido.

A campanha preventiva, que foi idealizada pelo Grupo Diversidade Macaé, é uma parceria entre a coordenadoria de Políticas de Acesso e Gênero da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade (SMDSDHA) e o Programa DST/AIDS, da Secretaria de Saúde. No dia e hora marcados para fazer o teste, a pessoa poderá se dirigir ao Programa DST/Aids, que funciona na Rua Alfredo Backer, 182, no Centro. É possível fazer o teste sem levar nenhum documento, porém, para receber o resultado deverá ser apresentado um documento de identificação com foto. Segundo o presidente do Grupo da Diversidade Macaé (GDM), Celício Aguiar, a ação vem de encontro às políticas públicas LGBTQIA+. “Ações como esta têm se concretizado muito ultimamente, por causa do apoio que recebemos da coordenadoria de Acesso e Gênero, e de outras Ongs coirmãs que auxiliam na construção das políticas públicas LGBTQIA+. Agora ganhamos a parceria do programa DST/AIDS, da secretaria de Saúde”, pontuou Celício. A coordenadora do Programa DST/AIDS de Macaé, Sandra Barcelos, que disponibilizou os testes para a população LGBTQIA+ explicou que a campanha está aberta para todos que queiram se testar. “Que venham todos aqueles que queiram testar e serem abraçados pelo programa, de maneira a terem um tratamento humanizado e cuidadoso”. De acordo com Tayse Marinho, coordenadora de Políticas de Acesso e Gênero, com a testagem rápida para doenças sexualmente transmissíveis, disponível pelo programa da Saúde, será possível fazer um diagnóstico preventivo do público LGBTQIA+ de Macaé. “De posse das informações haveremos de construir outras ações como por exemplo, o mapeamento dos indivíduos que necessitam de acompanhamento e encaminhamentos, além de futuras ações preventivas junto às comunidades LGBTQIA+ e Ongs parceiras”, disse. Para Marinho o apoio que o movimento LGBTQIA+ vem tendo na cidade está sendo um diferencial. Ela completou que a secretária de Desenvolvimento Social abraçou as políticas públicas LGBTI+ com muito respeito e dignidade.


* Prefeitura de Macaé\Secretaria de Comunicação Social\Coordenadoria de Jornalismo.



2 visualizações0 comentário