• Jornal Esporte e Saúde

Campanha de Vacinação Antirrábica animal começa no sábado em Rio das Ostras

Este ano, a campanha será feita em quatro etapas para evitar aglomeração nos polos de imunização


A cadelinha Indy, da moradora Vana Bastos, da Enseada das Gaivotas vai ser vacinada durante a campanha. Foto Celso Ávila


Começa neste sábado, 2 de outubro, das 9h às 17h, a Campanha de Vacinação Antirrábica Animal em Rio das Ostras. Devem ser imunizados cães e gatos saudáveis a partir de três meses de idade. Conheça abaixo o calendário completo da Campanha Antirrábica.

A campanha este ano foi dividida em quatro etapas, em diferentes regiões da Cidade, para evitar aglomerações. Depois do dia 2, a vacinação dos animais segue nos dias 9, 23 e 30 de outubro.


Haverá ainda polo volante dias 13, 14 e 15 de outubro, em Vila Verde. No dia 13, das 9h às 14h, uma equipe estará na Associação de Moradores do Condomínio Maria Turry.


“É muito importante que a população fique atenta ao calendário. Dividimos em quatro etapas para evitar a circulação de pessoas ao mesmo tempo e, consequentemente, aglomerações. Nesse sentido, também recomendamos que apenas uma pessoa leve um animal por vez para ser vacinado”, explica Jorgito Pinheiro, Diretor de Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiologia.


RAIVA - Apesar de ser uma doença controlada, a raiva é muito grave e causa grande preocupação tanto aos donos de animais de estimação quanto às autoridades sanitárias brasileiras. A vacina antirrábica é ainda a única forma de prevenir a enfermidade e manter os pets saudáveis. Fatal em quase 100% dos casos, a raiva é uma zoonose que pode também afetar o ser humano e por isso os cuidados se redobram no combate e prevenção da doença.


“A vacina antirrábica deve ser administrada anualmente e é importante que a população se dirija até um posto e vacine o seu animal de estimação, pois a imunização é fundamental para o controle da doença e bem-estar da população humana e dos pets”, completa o diretor.


Informações importantes:


· Não serão vacinados pets com imunidade baixa, fêmeas prenhas, animais com diarreias, em tratamento ou convalescendo de cirurgias. Nesses casos devem aguardar a recuperação;

· Ofereça água e alimentação, normalmente, após a vacinação;

· Banho deve ser normal.

· Cães devem ser conduzidos por pessoas com idade e porte adequados para o manejo do animal;

· Cães bravios ou mordedores, de qualquer espécie, devem utilizar focinheira apropriada;

· Os felinos devem ser transportados em caixa de transporte para segurança do animal e do proprietário.

* ASCOMTI Rio das Ostras.


Patrocinado:



Contato ateliê Gabimix


Face:

https://www.facebook.com/ateliegabimix/


Instragran

https://www.instagram.com/ateliegabimix/?utm_medium=copy_link



3 visualizações0 comentário