• Jornal Esporte e Saúde

BRK recebe membros do Comitê de Bacia dos rios Macaé e das Ostras

Grupo visitou a Estação da concessionária para acompanhar de perto como acontece o processo de tratamento e para debater sobre soluções sustentáveis



A BRK realizou uma edição especial do programa Portas Abertas nesta quarta-feira (9), quando recebeu os membros do Comitê de Bacia Hidrográfica dos rios Macaé e das Ostras (CBH Macaé). Durante a visita, o grupo acompanhou de perto como acontece todo processo de coleta e tratamento de esgoto na área de concessão da empresa e pôde debater sobre a importância do saneamento básico na preservação do meio ambiente e na melhoria da qualidade de vida da população.


- A relação da BRK com Comitê de Bacia sempre foi das mais positivas e essa interação é fundamental, pois, além de cada um poder entender melhor a capacidade que o outro tem de realizar, identificamos uma infinidade de temas e possibilidades para promover o uso sustentável dos recursos nessa troca de experiências – afirma o diretor da BRK em Macaé e Rio das Ostras, Ricardo Santiago.

Membro do comitê, Rodolfo Coimbra pontuou que a visita foi muito proveitosa, não só para enriquecer o conhecimento sobre os processos, mas para uma troca de experiências significativa:

- Foi um encontro importante para reforçar o quanto a empresa está se comprometendo, mas também para que o Comitê de Bacia pudesse trazer ideias para colaborar e incorporar cidadania ao processo de saneamento. O objetivo é aproximar cada vez mais a empresa e o comitê para pensarmos também em soluções a longo prazo – explica.

Um dos destaques neste sentido foi a discussão sobre a possibilidade de ampliação da utilização da água de reúso, que é residuária do tratamento de esgoto sanitário nas estações da BRK. Apesar de não ser usada diretamente para consumo humano, dentro de padrões estabelecidos para a sua reutilização, hoje ela é aproveitada em diversas atividades, como limpeza de ruas, irrigações paisagísticas e manutenção de redes de esgoto, por exemplo:

- A importância de encontrar fontes alternativas de água está muito clara para todos. É um tema a se tratar agora e não esperar que a crise hídrica se agrave. Muitos empreendimentos que estão em fase de planejamento hoje, por exemplo, podem fazer ajustes em seus projetos e orçamentos para receber e utilizar essa água de reúso como fonte alternativa, já que possui uma excelente qualidade – pontua Mauro Calixto, do CBH Macaé.


Sobre a região hidrográfica

O Comitê de Bacia Hidrográfica dos rios Macaé e das Ostras gerencia de forma descentralizada, participativa e integrada os recursos hídricos na esteira do desenvolvimento regional e da proteção do meio ambiente na região hidrográfica VI do Estado do Rio de Janeiro, que inclui os seguintes municípios: Macaé e Rio das Ostras (que estão integralmente situados na área da bacia), além de Nova Friburgo, Casimiro de Abreu, Conceição de Macabu e Carapebus (parcialmente situados na área da bacia). O CBH Macaé estimula e apoia iniciativas de educação ambiental e de proteção da água contra ações que possam comprometer seu uso, potencializando os benefícios econômicos e ambientais que este bem pode trazer para a sociedade.

* Carlos Vinícius Fernandes / Comunicação / BRK Macaé e Rio das Ostras

Fotos: Divulgação



1 visualização0 comentário