top of page
  • Foto do escritorJornal Esporte e Saúde

Brasil confirma favoritismo contra República Dominicana e vence mais uma na Liga

Com emoção até o fim, seleção faz bom jogo e consegue o resultado ; equipe volta à quadra na madrugada de domingo, contra Croácia


O Brasil entrou em quadra na madrugada de sexta para sábado, em Nagoia, no Japão, e fez a felicidade dos torcedores que ficaram acordados para ver o jogo. Favorita contra a República Dominicana de Brayelin Martinez, a seleção de Zé Roberto fez um jogo com emoções até o fim, e fechou a partida em 3 sets a 1, parciais de 27/25, 20/25, 25/21 e 27/25 . Foi a segunda vitória seguida da equipe na Liga das Nações.


O Brasil volta à quadra na madrugada de sábado para domingo. A seleção encara a Croácia à 0h40, com transmissão do sportv2.


Brasil vence República Dominicana na Liga das Nações vôlei — Foto: FIVB / Divulgação

1º set - Brasil é pressionado no fim, mas fecha o set


A seleção brasileira teve um bom começo de jogo, mas logo viu as adversárias se aproximarem. Diana pontuou na saída de rede e fez 7/5. Brayelin Martinez explorou a defesa brasileira e virou o placar para 10/9. Kisy mandou uma bola indefensável e colocou o Brasil na liderança. Ana Cristina conseguiu dois pontos seguidos e abriu 14/11. A equipe dominicana não se abalou e emplacou dois pontos seguidos (16/13). Carol arrumou um ponto de bloqueio e fez 18/15. Peña foi a referência no ataque rival e não facilitou a vida da defesa.

No fim do set, Ana Cristina atacou no corredor e abriu 20/17. A seleção da América Central apostou na virada de bola para atrapalhar a festa brasileira. O ataque certeiro do Brasil e os erros adversários foram essenciais na reta final. Peña pontuou e deixou tudo igual (23/23), mas Ana Cristina marcou o set point do Brasil. O ataque dominicano cresceu nos últimos momentos e igualou tudo. O ataque de Gonzalez foi para fora e deixou a seleção de José Roberto com o set point. Ana Cristina explorou o bloqueio e fechou o set.

2º set - Jineiry Martinez brilha e comanda o empate dominicano

O segundo set começou a todo vapor. As duas equipes pontuaram seguidamente, e Penã deixou o placar em 3/3. Jineiry Martinez conseguiu um ponto de ataque e abriu 7/6 para as dominicanas. Macris atacou e deixou o jogo em 7/7. A defesa brasileira errou na passada da bola e deu um ponto para as rivais (9/7). Júlia Bergmann marcou e colou nas rivais (9/8). Peña atacou na diagonal e abriu três de vantagem (13/10). Jineiry abriu 15/11, e Zé Roberto parou o jogo.


Lorrayna atacou e diminui a desvantagem do Brasil. Júlia apostou na largadinha e deixou o Brasil com dois de diferença 16/18. A República Dominicana pecou nos erros de saque e deixou as rivais na cola. Carol bloqueou o ataque de Penã, e o Brasil ficou a um ponto de diferença (19/20). A seleção dominicana abriu 22/19, mas cometeu mais um erro na defesa e viu o Brasil pontuar. Brayelin Martinez colocou a bola no chão, e as dominicanas ficaram com o set point. O ponto do set veio no bloqueio.


3º set - Brasil pressiona no fim e vence

O terceiro set começou eletrizante, Carol marcou um ace e abriu 3/2. Diana acertou uma bola de xeque e abriu dois de vantagem. Gonzalez apareceu bem e deixou tudo igual 5/5. Júlia explorou o bloqueio e abriu 8/6. Diana sacou bem e abriu 11/7 para o Brasil. Jineiry marcou um ace e deixou as dominicanas com dois de diferença (9/11). O ataque da República Dominicana apareceu mais uma vez e fez 10/11. As dominicanas conseguiram dois pontos seguidos e ficaram na cola das rivais, Kisy explorou a defesa rival e deixou o Brasil com 15/12. Carol apareceu bem no bloqueio e deixou a seleção em 17/15.

O ataque dominicano se reforçou e deixou tudo igual (17/17). Diana conseguiu um ponto de bloqueio e virou o jogo, mas Brayelin logo empatou. O Bloqueio brasileiro apareceu novamente e parou o ataque rival. A seleção de Zé Roberto conseguiu uma boa sequência e abriu 22/19. Júlia atacou na diagonal curta e conseguiu o set point. Natinha mergulhou para defender, a defesa dominicana se enrolou na recepção, e o Brasil fechou o set.

4º set - Com emoção até o fim, Brasil garante o resultado

Macris abriu o set com um ace, e carol marcou o segundo no bloqueio. A seleção conseguiu três pontos de bloquieio e abriu 4/1. Ana Cristina apareceu bem e marcou no contra-ataque (9/6). Carol arrumou mais um ponto de bloqueio e abriu uma boa vantagem para a seleção (12/7). Gonzalez atacou forte e diminui a diferença das dominicanas (14/10). O Brasil fez um jogo mais seguro no quarto set e conseguiu abrir uma boa vantagem. Penã atacou para fora e deu mais um ponto para as rivais (16/10). As dominicanas emplacram três pontos seguidos, e obrigaram Zé Roberto a pedir tempo.


Ana Cristina atacou na diagonal e abriu 19/14. A República Dominicana não se deixou abater e diminuiu a diferença em dois pontos. Penã parou o ataque do Brasil no bloqueio e deixou tudo igual (21/21). Gonzalez mandou uma bola fora e deu um ponto para as adversárias, mas Júlia errou o saque e igualou o placar. Lorrayna conseguiu um pontaço de contra-ataque e abriu 23/22. Penã atacou na diagonal e empatou o jogo 23/23. O Brasil não conseguiu devolver a bola, e as dominicanas ficaram com o set point. Diana atacou e deixou tudo igual. Do outro lado, Jineiry acertou uma largadinha para deixar as dominicanas na frente. Mas Ana Cristina respondeu e empatou o jogo. Lorrayna atacou o bloqueio rival e garantiu a vitória brasileira.

* Por Redação do ge — Nagoia, Japão


Divulgação:


Local: Rua do Sacramento, 207 / Imbetiba / Macaé / RJ






4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page