• Jornal Esporte e Saúde

Botafogo vence o Sampaio e vira vice-líder da Série B

Botafogo domina adversário em todo o jogo, conta com a estreia do Rafael e retorno dos público, e garante importante resultado no Série B


O reencontro não poderia ter sido melhor. Sob os olhares dos torcedores no Estádio Nilton Santos após 18 meses, o Botafogo venceu o Sampaio Corrêa neste domingo, em jogo válido pela 26ª rodada da Série B do Brasileirão. Rafael Navarro e Luís Oyama marcaram os gols.


Com o resultado, o Botafogo chegou a 47 pontos e agora é o vice-líder do Campeonato Brasileiro, abrindo 4 pontos de vantagem para o Avaí, primeiro time fora do G4. O Sampaio Corrêa, 10º colocado, tem 36.


O Botafogo volta aos gramados na próxima quarta-feira para enfrentar o Vitória, às 21h30, no Barradão. O Sampaio entra em campo no dia seguinte para medir forças com o Remo, às 21h30, no Castelão.


Rafael Navarro abriu o placar para o Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

Foto: Lance!


A partida começou em ritmo lento. Poucas jogadas de efeito, triangulações e chutes perigosos. Botafogo e Sampaio Corrêa paravam nas próprias pernas: as duas equipes sentiram dificuldades para colocar a estratégia de jogo em prática. Seria uma causa da ansiedade pela volta do público?


Botafogo acorda


Depois de um começo lento, não demorou para o Botafogo levantar e começar a colocar o futebol em prática. Já na reta final do primeiro tempo, Rafael Navarro abriu o placar após uma cobrança de falta de Chay e fez a torcida no Estádio Nilton Santos ir à loucura.


A emoção dos torcedores ficou ainda maior quando, minutos depois, o Sampaio Corrêa teve um jogador expulso. O zagueiro Joécio deu um carrinho forte, com as duas pernas esticadas em Chay e levou um cartão vermelho direto. O Alvinegro desceu para os vestiários com vantagem numérica e no placar.


Ritmo forte


O Botafogo começou o segundo tempo da mesma forma que terminou a etapa inicial: pressionando e buscando o gol a qualquer custo. O Alvinegro criou duas chances reais de marcar ainda antes dos 15 minutos e chegou a ter um pênalti marcado, mas anulado após revisão do VAR.


Oyame-se!


A etapa complementar se desenhou a favor do Botafogo. O time criava chances, tinha espaço para tocar a bola mas não conseguia colocar a bola na rede. Tudo isso mudou quando Luís Oyama, em jogada individual, arrancou no lado esquerdo e, mesmo sem ângulo, finalizou colocado, no fundo das redes. No fim, festa da torcida alvinegra no reencontro com o time.


* https://www.terra.com.br/esportes/LANCE



1 visualização0 comentário