• Jornal Esporte e Saúde

Botafogo dá bobeira incrível e sofre virada do Internacional no Beira-Rio

Glorioso segue em situação delicada na zona de rebaixamento


Botafogo foi derrotado em Porto Alegre

Ricardo Duarte/Sport Club Internacional


Rio Grande do Sul - A caminhada do Botafogo no Campeonato Brasileiro teve mais um capítulo dramático neste sábado em Porto Alegre. Contra o Internacional, a equipe carioca saiu na frente, cedeu o empate e criou até oportunidades no Beira-Rio, mas um lance de uma bobeira inacreditável no segundo tempo selou mais um resultado negativo na competição. O Colorado venceu de virada por 2 a 1.


O resultado mantém o Glorioso com 20 pontos na zona de rebaixamento. O Internacional chegou aos 41 pontos e interrompeu uma sequência de oito jogos sem vencer no Brasileirão. Na próxima rodada, a equipe carioca encara o Coritiba no próximo dia 19, no Couto Pereira. O Colorado recebe o Palmeiras, no mesmo dia, no Beira-Rio.


Em situação delicada, o Botafogo começou a partida em cima do Internacional e com apenas dois minutos criou uma boa oportunidade. Bruno Nazário recebeu pela esquerda com liberdade e bateu cruzado, com o goleiro Marcelo Lomba já vencido, a bola passou por todo mundo, rondando a área colorada, até que o lance de perigo fosse afastado por um atleta da equipe gaúcha.


Aos nove minutos, os donos da casa assustaram pela primeira vez. A defesa do Botafogo deu bobeira não afastou a investida do Internacional e Yuri Alberto apareceu dentro da área, finalizando para fora, passando perto do gol de Diego Cavalieri.


Com o passar do primeiro tempo, o Internacional passou a buscar mais o controle do jogo. Aos 19 minutos, os gaúchos chegaram em finalização de Thiago Galhardo, Diego Cavalieri conseguiu fazer a defesa em dois tempos.


Dois minutos depois, o Botafogo respondeu. Em cobrança de falta, Bruno Lazário tentou surpreender Lomba e mesmo com pouco ângulo mandou direto para o gol. O goleiro colorado conseguiu ir bem e evitar um susto maior para o Colorado no Beira-Rio.


Aos 27 minutos, o Botafogo saiu na frente do placar. Após boa jogada de Zé Welison, que brigou pela bola no ataque e recuperou após erro de Patrick. O volante cruzou na medida para Pedro Raul cabecear, sem chances de defesa para o goleiro Marcelo Lomba. O atacante quebrou um jejum de 11 jogos sem marcar.


Atrás do placar, o Internacional quase empatou no lance seguinte ao gol do Botafogo. Após cruzamento de Moisés, Edenílson apareceu dentro da área e finalizou na trave de Cavalieri, a bola sobrou dentro da área e acabou sendo afastada para o escanteio.


Aos 36 minutos, o Internacional conseguiu o empate. Moisés fez novamente uma ótima jogada e finalizou, a bola bateu na trave, após boa defesa de Cavalieri e a bola sobrou para Patrick, que finalizou para o gol, a defesa alvinegra tentou tirar, mas a bola já tinha passado da linha.


Aos 47 minutos, o Botafogo teve uma bela chance para voltar a ficar na frente. Bruno Nazário deu belo passe para Honda, o japonês apareceu dentro da área em boas condições, mas acabou preferindo o toque e a defesa do Inter salvou. Um minuto depois, novamente o Glorioso, teve boa chance. Após bate-rebate dentro da área, a bola sobrou para Pedro Raul, porém, Zé Welison acabou sendo mais rápido e finalizou para fora, com boas condições.


O segundo tempo começou com o Botafogo criando uma outra chances. Aos três minutos, Honda novamente recebeu em boas condições dentro da área, mas na hora de finalizar, acabou preferindo o passe e a bola acabou ficando com o goleiro Lomba. Aos 11 minutos, o Botafogo teve outra boa oportunidade em bela jogada de contra-ataque. A bola sobrou para Bruno Lazaroni, após bela trama ofensiva, mas o apoiador finalizou para fora.


Aos 16 minutos, o Internacional conseguiu criar uma boa chance de virar. Após cruzamento de Heitor, Yuri Alberto cabeceou, a bola passou muito perto da meta de Diego Cavalieri.


Aos 20 minutos, um lance incrível no Beira-Rio fez o Internacional virar a partida. Kevin cobrou falta no campo de defesa, a bola foi interceptada por Yuri Alberto, o jogador do Internacional deu prosseguimento ao lance e marcou para os gaúchos. O lance foi analisado pelo árbitro no VAR e depois de quatro minutos foi validado.


Atrás do marcador, o Botafogo se lançou mais ao ataque. Barroca colocou Rhuan e Babi na equipe. Aos 33 minutos, o Glorioso chegou, Kevin fez boa jogada pela direita e cruzou, a bola passou por toda os homens de frente do clube carioca e ninguém conseguiu marcar. Aos 38 minutos, a equipe carioca teve mais uma oportunidade. Honda finalizou de fora da área e obrigou o goleiro Marcelo Lomba a fazer uma grande defesa.


Nos últimos minutos, o Glorioso tentou buscar o empate, mas a falta de criatividade da equipe carioca tornou as coisas mais complicadas. Mesmo dando espaço, o Internacional conseguiu manter a vantagem e voltou a vencer, após oito rodadas na competição.


* FICHA TÉCNICA


- INTERNACIONAL 2 X 1 BOTAFOGO


Estádio: Beira-Rio (RS)

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Cartões Amarelos: Rodinei (INT), Diego Cavalieri (BOT), Rhuan (BOT), Victor Luis (BOT), Bruno Nazário (BOT), Caio Vidal (INT), Rodrigo Dourado (INT)

Cartões Vermelhos: -

Gols: Pedro Raul (BOT), Patrick (INT), Yuri Alberto (INT)


* INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei (Heitor), Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso (Rodrigo Dourado), Edenilson, Patrick (D'Alessandro) e Marcos Guilherme (Caio Vidal); Yuri Alberto (Peglow) e Thiago Galhardo / Treinador: Abel Braga


* BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Kevin, Helerson, Kanu, Victor Luís, Zé Welison (Matheus Babi), Caio Alexandre, Honda e Bruno Nazário (Éber Bessa); Warley (Rhuan) e Pedro Raul / Treinador: Eduardo Barroca


* https://odia.ig.com.br/esporte/.


Patrocinado:









6 visualizações0 comentário