• Jornal Esporte e Saúde

Bolsa Alimentação: prefeitura realizará pagamento até fim do mês



Auxílio será liberado com correções de dados

Foto: Arte / reprodução internet.


Beneficiários da Bolsa Alimentação, que tiveram problema com pagamento, podem receber até o final do mês, assim que os dados das conta corrente ou poupança, forem verificados e regularizados. A recomendação da Secretaria de Educação, é que pais e responsáveis, que ainda não receberam, entrem em contato com os diretores das escolas, cujos contatos estão no portal oficial. Eles devem verificar se as contas foram abertas e se os dados estão conferidos e corretos. O próprio beneficiário deve informar para escola municipal os dados bancários e CPF e, qualquer inconsistência nessas informações impossibilita o pagamento. O CPF deve ser o mesmo cadastrado no sistema da matrícula e no E-Cidade. Um total de 42 mil estudantes estão cadastrados para o pagamento da Bolsa. O valor mensal é de R$ 200 por aluno matriculado na rede municipal de ensino e o pagamento do auxílio segue critérios específicos. A equipe da Bolsa Alimentação está atendendo apenas, por meio do WhatsApp (22) 99925-0520, de segunda a sexta, das 9h às 16h (exceto feriados e final de semana) . O canal recebe uma média de 8 mil demandas diárias.Também são recebidas demandas pelos endereços eletrônicos: bolsa.alimentacao.macae@gmail.com e ouvidoria.bolsa.alimentacao@gmail.com. Em entrevista na rádio nesta segunda-feira (19), a Secretaria Adjunta de Educação Básica, Andrea Pereira Carvalho José e a Superintendente Administrativa da Secretaria de Educação, Simone Carvalho , lembram que os alunos que apenas realizaram a pré-matrícula no cadastro não irão receber a Bolsa. Já os matriculados na terceira etapa da pré-matrícula receberão o auxílio a partir do mês de maio, por meio de abertura de conta. Além disso, o pagamento por ordem de pagamento, cartão e o aplicativo digital ITI não são aceitos. A previsão é que a partir da próxima semana, seja montado um cronograma de atendimento escalonado presencial para sanar dúvidas dos beneficiários. A Bolsa Alimentação visa garantir a segurança alimentar dos alunos para compensar os efeitos da falta de oferta de merenda escolar durante a situação de emergência. A ajuda ocorre exclusivamente, em razão da disseminação do novo coronavírus, podendo ser revogada a qualquer momento, de acordo com a retomada das atividades escolares regulares ou com a conveniência. Recomendações O próprio beneficiário deve informar para escola municipal os dados bancários e CPF e, qualquer inconsistência nessas informações impossibilita o pagamento. O CPF deve ser o mesmo cadastrado no sistema da matrícula e no E-Cidade. Qualquer inconsistência nessas informações impossibilita o pagamento. Recebimento: alunos cadastrados e, que já vinham recebendo; alunos que já corrigiram os dados no cadastro do programa; quem recebia por ordem de pagamento ou cartão e abriu a conta bancária; Motivos de recusa da liberação do auxílio: CPF diferente do cadastrado no bolsa alimentação; número de agência e/ou conta errados; informação de conta errada (informa número da conta corrente e é conta poupança ou vice-versa), titular da conta não é o responsável pela recebimento e conta bloqueada.

* Jornalista: Joice Trindade \ Prefeitura de Macaé\Secretaria de Comunicação Social\Coordenadoria de Jornalismo.


Patrocinado:






6 visualizações0 comentário