• Jornal Esporte e Saúde

Bolívia x Brasil: veja onde assistir, escalações, desfalques e arbitragem do jogo desta terça

Tudo o que você precisa saber sobre a partida da seleção brasileira às 20h30, em La Paz, pela 18ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. Globo, SporTV e ge transmitem ao vivo


Bolívia x Brasil — Foto: Infoesporte

O Brasil vai enfrentar nesta terça-feira a seleção da Bolívia e os efeitos de jogar a 3.600m acima do nível do mar, em La Paz. A partida é válida pela 18ª e última rodada das Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo e começa às 20h30 (de Brasília) no estádio Hernando Siles.

A partida tem transmissão da Globo, SporTV e do ge, com live antes da partida, para todo o Brasil.

Classificada antecipadamente desde a 13ª rodada, a Seleção é líder isolada da competição com 42 pontos — quatro de distância da Argentina — e ainda está invicta após 16 partidas.

Além disso, a equipe comandada por Tite tenta ampliar a maior série invicta na competição: são 33 jogos sem derrota.

A expectativa de público é razoável. Até o início da noite de segunda, cerca de 13 mil ingressos tinham sido vendidos - aproximadamente metade desses, porém, de torcedores que compraram pacote para todos os jogos das Eliminatórias

Apesar dessa regularidade e do bom momento da Seleção, os resultados em La Paz fazem um contraponto: a Bolívia já recebeu o Brasil oito vezes nesta cidade, venceu quatro, empatou duas e só perdeu duas partidas (1981 pelas Eliminatórias e 1997, na final da Copa América).


Só que os donos da casa não têm mais o que disputar nesta última rodada da competição. A Bolívia é a vice-lanterna, com apenas 15 pontos em 17 jogos, e não tem mais chances de classificação nem para a repescagem da Copa do Mundo.


Na rodada de abertura das Eliminatórias, em outubro do ano passado, o Brasil goleou a Bolívia por 5 a 0 em São Paulo, gols de Philippe Coutinho, Roberto Firmino (duas vezes), Marquinhos e Carrasco (contra).

Na história, as seleções já se enfrentaram 31 vezes: 22 vitórias brasileiras, 4 empates e 5 derrotas. Em Eliminatórias, são 16 jogos, com 9 vitórias do Brasil, 4 empates e 3 vitórias da Bolívia.

Trasmissão: o jogo terá transmissão da TV Globo, com narração de Galvão Bueno e comentários de Ana Thaís Matos, Caio Ribeiro e Sandro Meira Ricci. O SporTV também exibe a partida, com narração de Gustavo Villani e comentários de Pedrinho, Paulo Vinícius Coelho e Fernanda Colombo.

Tempo real e transmissão: o ge faz cobertura especial, com live antes da partida e também transmite a partida em tempo real, com vídeos exclusivos – clique aqui para conferir.


Escalações prováveis — Foto: Arte/ge

Brasil - Técnico: Tite

A Seleção irá a campo com uma escalação bem diferente em relação ao jogo anterior. Tite vai promover sete mudanças no time titular. Philippe Coutinho e Richarlison assumem as vagas em aberto de Vini Jr e Neymar, suspensos. Daniel Alves, Éder Militão, Alex Telles, Fabinho e Bruno Guimarães também entram na equipe.


A proposta é dar uma oportunidade desde o início para jogadores que estiveram no banco de reservas nas últimas partidas e deram retorno quando acionados.


Desfalques: goleiros Ederson, cortado com gastroenterite, e Weverton, após trauma na mão esquerda; zagueiro Gabriel Magalhães, que pediu dispensa para acompanhar o nascimento da filha; atacantes Raphinha (com Covid-19), Vini Jr e Neymar, os dois últimos suspensos.


Pendurados: entre os convocados, Alisson, Thiago Silva, Marquinhos, Fred, Bruno Guimarães, Antony e Richarlison.


Provável escalação da seleção brasileira para enfrentar a Bolívia — Foto: Foto: ge

Bolívia - Técnico: César Farías

O técnico César Farías terá de fazer duas mudanças obrigatórias no time, por causa das suspensões de Enoumba e Haquin. Villamil e Quinteros são os mais cotados para substituí-los.


No gol a dúvida é entre Viscarra e Cordano. Depois dos últimos dias de treino em La Paz, a expectativa é por trocas também no meio de campo, com a saída de John García para a entrada de Ramiro Vaca.


O ano não tem sido nada bom para a Bolívia nas Eliminatórias: três derrotas, para Venezuela (4 a 1), Chile (3 a 2) e Colômbia (3 a 0). E há cinco jogos, ou 12 anos, que essa seleção não consegue superar o Brasil. A última vez foi em outubro de 2009, por 2 a 1, nesse mesmo estádio Hernando Siles.


Vencer o Brasil depois de tanto tempo seria uma maneira de terminar positivamente o ciclo do técnico César Farías no comando da seleção boliviana — a federação não deve renovar o contrato com ele e já procura novos treinadores. Tentou contato até com o argentino Marcelo Bielsa. O atacante Marcelo Moreno deve terminar as Eliminatórias como o artilheiro do torneio, com 10 gols.


Desfalques: zagueiros Enoumba e Haquin, suspensos. Atacantes Bruno Miranda e Victor Abrego, machucados.


Pendurados: Carrasco, Ramiro Vaca, Villarroel e Sagredo.


Provável escalação da Bolívia para o jogo contra o Brasil pelas eliminatórias — Foto: ge


Apresentação arbitragem — Foto: Infografia


  • Árbitro: Eber Aquino, do Paraguai.

  • Auxiliares: Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar, do Paraguai.

  • Quarto árbitro: Jose Mendes, do Paraguai.

  • VAR: Leodan Gonzáles, do Uruguai.

  • AVAR: Nicolas Taran, do Uruguai.


* Por Redação do ge — La Paz, Bolívia


Patrocinado:




5 visualizações0 comentário