• Jornal Esporte e Saúde

Apresentações da Paixão de Cristo em Macaé terminam neste domingo


A terceira apresentação aconteceu neste sábado (16) em Imbetiba


O espetáculo Paixão de Cristo termina neste domingo, em Macaé, com sua quarta apresentação, às 20h, em Imbetiba, após a Missa Campal de Páscoa. Neste sábado (16), a celebração da Semana Santa continuou no teatro montado a céu aberto. A história dos últimos dias de vida de Jesus na terra e sua ressurreição aconteceu com um elenco de 35 atores, composto por artistas locais e nomes consagrados como do protagonista Diogo Drosa. A encenação, dirigida por Aldebaran Bastos e texto de Marcelo Saback, foi marcada por emoções no palco e na plateia.



A assistente social Margareth Menezes, 59 anos, foi ver de perto a terceira apresentação do espetáculo. “Escolhi as primeiras filas para sentir essa mensagem que está encantando a todos. Estou muito feliz e emocionada com a forma que foi passada essa história de amor por todos nós”, frisou.

A produção conta com uma série de homenagens e referências, mas não somente do passado, trazendo à tona debates sociais importantes, aproximando o espectador. Após 10 anos sem o espetáculo teatral na cidade, o diretor Aldebaran Bastos escolheu trilhar um caminho de resgate cultural. Marcelo Saback é ator e autor, reconhecido nacionalmente por filmes como "De Pernas Pro Ar” e “Loucas para Casar”.

“Depois de dois anos de pandemia, trazer essa renovação para Macaé é muito gratificante. Esse espetáculo ganhou um protagonista preto. O texto é de 2001, mas traz debates atuais para a sociedade. É a volta da cultura do nosso município com artistas maravilhosos da nossa terra”, destacou Aldebaran.

O protagonista Diogo Drosa, que interpretou Jesus, falou sobre o orgulho de interpretar o papel. “Estou muito feliz em fazer esse papel. Já é a segunda vez que interpreto Jesus com direção do Aldebaran Bastos. Depois de tanta tristeza que nossa população passou, a Paixão de Cristo é um momento de abrilhantar os nossos corações. Fui recebido de braços abertos pela população de Macaé e pelos atores que trabalharam em parceria. Gratidão a todos”, ressaltou Drosa, ex-integrante do Grupo Nós do Morro, com larga carreira nos palcos, tendo participado de produções infantis, musicais e montagem de clássicos como “A Megera Domada”, de William Shakespeare.

O secretário de Cultura, Leandro Mussi, destacou que a Paixão de Cristo marca o retorno dos eventos culturais na cidade. “É um orgulho ter nesse espetáculo quase todos os atores da nossa Escola Municipal de Artes (Emart). Ela é a coroa da nossa cultura macaense. Em breve, os espetáculos voltarão ao nosso teatro, que será todo reformado. Estaremos realizando, também, um credenciamento dos artistas de Macaé com o objetivo de fomentar a nossa cultura”, disse o secretário.

A montagem conta ainda com alguns figurinos assinados por Ely Peron, falecido em dezembro de 2021. Peron foi figurinista, carnavalesco, dentre outras atribuições que marcaram a cultura macaense, tendo atuado também no governo municipal como subsecretário de Cultura (2009/2010).

Missa - A Missa Campal de Páscoa, que acontece neste domingo (17), também no palco de Imbetiba, às 17h, será celebrada por Dom Luiz Antônio Lopes Ricci, bispo da Diocese de Nova Friburgo.


* Jornalista: Tatiana Gama \ Fotos: Ana Chaffin \ Comunicação Macaé.


Patrocinado:








13 visualizações0 comentário