• Jornal Esporte e Saúde

Após 11 jogos fora, Arrascaeta treina e vira opção contra o São Paulo

Meia-atacante, recuperado de uma lesão no joelho, tem chance de ser relacionado na decisão pela Copa do Brasil



Rogério Ceni comanda primeiro treino no Flamengo

Alexandre Vidal / Flamengo


Rio - Na estreia no comando do Flamengo, Rogério Ceni não terá à disposição todas as opções do bem elaborado 'cardápio' rubro-negro, mas poderá contar com o oportuno e bem-vindo reforço de Arrascaeta. Livre das dores no joelho, o uruguaio participou da primeira atividade sob o comando do novo treinador, fato que aumentou sua chance de ser relacionado para o jogo contra o São Paulo, nesta quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, pelas quartas de final da Copa do Brasil.


Sem vestir a camisa rubro-negra desde o início de outubro, Arrascaeta, ainda que opção no banco de reservas, minimiza as importantes baixas. Além de Everton Ribeiro e Pedro, convocados pela seleção brasileira, e Isla, pela chilena, o Flamengo não contará com Rodrigo Caio e Filipe Luís, machucados. A tendência é que Matheusinho e Renê herdem as vagas nas laterais. Enquanto Vitinho e Michael são opções para o lugar de Everton Ribeiro, Gabigol, recuperado de uma grave lesão no tornozelo esquerdo, volta ao time titular após 40 dias afastado.


Em meio aos desfalques, Arrascaeta realizou a transição com muita cautela. Afinal, sofreu duas lesões em outubro. A primeira foi a serviço da seleção do Uruguai na preparação para enfrentar o Equador, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar, quando ele sofreu uma distensão na coxa direita. Desde então, perdeu 11 jogos pelo Flamengo.


Sob pressão após duas goleadas seguidas no Brasileiro para São Paulo e Atlético-MG, o que culminou a demissão de Domènec Torrent, o Flamengo aposta as fichas de redenção na Copa do Brasil, única competição que não conquistou em 2019.


* https://odia.ig.com.br/esporte/.



4 visualizações0 comentário