• Jornal Esporte e Saúde

Anotou a placa? Com hat-trick de Gabigol, Flamengo atropela o Bahia em Pituaçu

Pedro e Vitinho fecham goleada, e Fla sobe para sexto com dois jogos a menos. Tricolor deixa o G-6


Baile rubro-negro

Para o torcedor que ficou desconfiado com a atuação na estreia de Renato Gaúcho no comando do Flamengo, na vitória por 1 a 0 sobre o Defensa y Justicia na Argentina pela Libertadores, quatro dias depois a impressão mudou da água para o vinho. O segundo triunfo do treinador, em sua estreia no Campeonato Brasileiro, foi com um show que os rubro-negros não viam há tempos: 5 a 0 sobre o Bahia em Pituaçu, com direito a hat-trick de Gabigol. Pedro e Vitinho fecharam a goleada.


Como ficou?

Com o resultado, o Flamengo foi a 18 pontos e entrou no G-6 do Brasileirão com dois jogos a menos. Já o Bahia, estacionado nos 17, acumulou a segunda derrota seguida e saiu da zona de classificação para a Pré-Libertadores.


Agenda

Na próxima rodada, o Bahia visita o Atlético-MG no domingo que vem, às 11h (de Brasília), no Mineirão, enquanto o Flamengo receberá o São Paulo no mesmo dia, só que às 16h, no Maracanã. Antes, porém, o Rubro-Negro faz o jogo de volta contra o Defensa y Justicia, da Argentina, pelas oitavas de final da Libertadores, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Maracanã.


Gabigol afiado

Goleador do Brasileirão em 2018 e 2019, Gabigol mostrou que vai em busca de mais uma artilharia no campeonato. Em seu primeiro jogo no torneio em 2021, na 12ª rodada (antes estava com a Seleção na Copa América), o camisa 9 estufou a rede três vezes. Tem mais gols do que jogos na temporada: 18 bolas na rede e 17 partidas. De quebra, foi a 42 gols pelo Flamengo na Série A e superou Bebeto, com 41, como segundo maior artilheiro do clube na competição. Está atrás só dos 135 de Zico.


Gabigol fez três em seu 1º jogo no Brasileiro 2021 (Foto: Jhony Pinho/AGIF)


1º tempo

O primeiro tempo já foi um massacre, com um time pressionando desde o inpicio e outro armado para contra-ataque, mas que não conseguia sequer se defender. O Flamengo começou a construir a goleada aos 22 minutos, após pênalti de Nino Paraíba em Arrascaeta em lance que nem precisou de VAR. Gabigol bateu e abriu o marcador. O camisa 9 fez o segundo aos 40, após receber passe de Isla na área. O placar só não foi maior na etapa inicial porque Michael, Everton Ribeiro, Diego e Isla desperdiçaram chances claras na área. Na única oportunidade que o Bahia teve, aos 44, Ligger viu Léo Pereira impedir seu gol.


Gabigol fez os dois gols do 1º tempo (Foto: Jhony Pinho/AGIF)


2º tempo

O Bahia tentou acordar no segundo tempo. Gilberto teve uma chance aos quatro minutos, e Matheus Galdezani acertou o travessão dois minutos depois. Mas dois gols para o Flamengo (e para Gabigol) era pouco pela fome dos rubro-negros. Aos sete, o camisa 9 parou em Matheus Peixoto, mas aos 16 ele não perdoou cara a cara com o goleiro e fez o terceiro. Foi a senha para Renato Gaúcho começar a poupar jogadores, e quem entrou não deixou a peteca cair. Aos 28, Vitinho cruzou para Pedro, de voadora, transformar a vitória em goleada. E aos 38, foi a vez de Vitinho marcar o quinto e decretar o massacre. Um minuto antes, Edson teve a chance de fazer o de honra, mas nem isso Diego Alves deixou.


Jogadores do Flamengo cansaram de comemorar gols no jogo (Foto: Jhony Pinho/AGIF)


* https://ge.globo.com/ba/






3 visualizações0 comentário