• Jornal Esporte e Saúde

Alunos e professores vão receber bolsa para desenvolverem aplicativos


Serão desenvolvidos aplicativos com ideias e soluções sobre gestão pública, energia e problemas de recursos hídricos

Foto: Arte / reprodução internet.


As equipes vencedoras da maratona on-line Hackathon Macaé Conecta, realizada durante dois finais de semana consecutivos, foram anunciadas em uma live no último sábado (28) pela comissão organizadora. No Ensino Fundamental venceram as equipes do Colégio Municipal Professora Elza Ibrahim (Tecnoelza), Colégio Municipal Polivalente Anísio Teixeira (Polistation) e Escola Municipal Olga Benário Prestes (É co_gente). No Ensino Médio os ganhadores foram do Colégio de Aplicação CAP (Capinova), Instituto Federal Fluminense IFF (Voltiff) e Escola Técnica Municipal Natálio Salvador Antunes (Geração Ilimitada). Já pelo Ensino Superior os vencedores foram alunos da Femass, IFF, e UFRJ, com as equipes Impulse 3 e Capivaleiros. Agora essas equipes irão ganhar uma bolsa durante os próximos quatro meses, no valor entre R$ 500 e R$ 1,5 mil - o professor orientador receberá R$ 2 mil -, para desenvolverem esses aplicativos com ideias e soluções sobre gestão pública, Energia e problemas relacionados aos recursos hídricos (principalmente a água). Um dos aplicativos é para monitorar o uso da água nas escolas e avisar quando a caixa d'água estiver esvaziando, controlando o uso da água. Outro é relacionado ao abastecimento da região, dos bairros ao entorno da escola, orientando sobre onde recorrer para resolver problemas da falta de água. E um específico para captação da água da chuva e reaproveitamento na comunidade escolar. Outro aplicativo é para acompanhar o consumo de energia, emissão de CO2 na atmosfera, com serviços integrados entre setores da prefeitura que irão gerar moedas digitais como permuta. Uma ação parecida com um jogo que estimula a utilização de energia limpa. Outras soluções apresentadas foram um aplicativo sobre um forno de energia solar, e orientações para captação de energia solar nas casas. A equipe campeã do Ensino Superior Impulse, formada por três alunos da Femass, irá se unir ao laboratório de inovação para desenvolver, ampliar e atualizar o APP Macaé. A equipe Capivaleiros irá integrar o Laboratório de Emoções, Afetos, Sociedade & Subjetividades (LEMASS) para desenvolver um aplicativo. O trabalho é uma ação da Secretaria Adjunta de Ensino Superior junto com o Laboratório de Inovação em Gestão Pública, Secretaria Adjunta de Planejamento, Secretaria Adjunta de Educação Básica, Secretaria Adjunta de Ciência e Tecnologia, e Coordenadoria de Robótica e Inovação - Programa #inovareaprender. O objetivo da maratona é impulsionar o desenvolvimento de Macaé através da ciência, tecnologia e inovação, otimizando produtos e serviços que impactem a melhoria da qualidade de vida da população. Para a Secretária Adjunta de Ensino Superior, Flaviá Picon, essa iniciativa proporciona aos alunos uma oportunidade de vivenciar a cidadania de uma maneira ativa, porque eles pensam num problema e irão entregar uma solução para Macaé. Idealizadora do programa #inovareaprender, Luemy Ávila destaca a importância da participação de alunos e professores que se inscreveram e concorreram. “Foi um grande passo para as soluções inovadoras com uso da tecnologia de forma responsável e consciente para desenvolver o município”, disse. * Jornalista: Waleska Freire/ Prefeitura de Macaé\Secretaria de Comunicação Social\Coordenadoria de Jornalismo.

Patrocinado:








12 visualizações0 comentário