• Jornal Esporte e Saúde

Alimentação Escolar e Infraestrutura são temas de hoje na live Leituras em Família


A Live acontecerá hoje as 18h

Foto: Arte\reprodução internet


As lives do livro “Macaé Cidade do Conhecimento uma Década para Não Ser Esquecida” continuam nesta terça-feira (10) às 18h, pelo canal YouTube Leituras em Família. Serão abordados os temas “Infraestrutura”; “Alimentação Escolar”; “Qualificação Profissional e Formação dos Profissionais da Educação”.


Entre os palestrantes desta terça estão Rosane de Araújo Nunes, coordenadora de Nutrição Escolar da Secretaria Municipal de Educação de Macaé, nutricionista em Saúde Coletiva pela Unesp; e a professora Lídia Rodrigues Rocha, bacharel em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Filosofia de Campos (Fafic) e mestra em Planejamento Regional e Gestão de Cidades pela Universidade Cândido Mendes.


Entre os tópicos estão acessibilidade; adequações no espaço escolar para melhor atendimento da rede/alunos; climatização e conforto no geral para o usuário/alunos, pois o espaço também influencia na aprendizagem escolar. Estes são os destaques da palestra de Lídia Rocha.


O encontro virtual é gratuito, aberto a toda a comunidade e acontece de forma remota devido ao protocolo de distanciamento social como prevenção neste momento de pandemia do coronavírus. A cada semana duas lives – sempre às terças e quintas – retratam artigos do livro disponível online no Portal da prefeitura: www.macae.rj.gov.br.


O livro reúne artigos que se basearam em pesquisas bibliográficas e documentais, memórias coletivas e individuais, arquivos da Secretaria de Educação e de outros órgãos da prefeitura. Foi elaborado pela Secretaria Municipal de Educação de forma que os leitores tenham acesso aos marcos que consolidaram Macaé como a Cidade do Saber e do Conhecimento, neste período de integração e democratização da rede pública municipal de ensino.


É importante a participação da população para que conheça os investimentos da prefeitura na área da Educação. Macaé é um dos poucos municípios que possuem mais de 100 escolas da rede pública municipal de ensino (são 106); 42 mil alunos matriculados da educação básica ao Ensino Médio; oferece, ainda, Pré-Vestibular Social e Colégio de Aplicação (CAp) com preparação para o Enem; Laboratório e Museu de Matemática; Robótica; Centro de Educação Tecnológica e Profissional (Cetep) com cursos de geração de renda; e a Faculdade Municipal Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS). Tudo gratuito para todos.


Além disso, 5.500 estudantes estão matriculados em 18 cursos de graduação e mais oito de pós-graduação nos níveis de mestrado e doutorado, a partir de convênio com a prefeitura, mantenedora da Cidade Universitária, que tem, no mesmo espaço, três Instituições de Ensino Superior (FeMASS, UFF e UFRJ) de forma harmônica e oferecendo ensino superior de qualidade e também gratuito. Elas funcionam no município em convênio com a Secretaria Municipal Adjunta de Ensino Superior, vinculada à Secretaria de Educação.


* Jornalista: Elis Regina Nuffer\Prefeitura de Macaé/Secretaria de Comunicação Social/Coordenadoria de Jornalismo.



2 visualizações0 comentário