• Jornal Esporte e Saúde

Agosto da Cultura: escolas municipais em Macaé incrementam atividades on-line durante todo o mês



Até o final do mês de agosto, escolas municipais vão se mobilizar para promover festas culturais on-line. Os espaços escolares estão aproveitando o mês de agosto, que celebra o Dia do Folclore (22), para promover atividades pedagógicas que destacam cultura das regiões do país. A proposta é despertar na comunidade escolar a iniciativa de registrar as experiências de aprendizagem a partir da interação com o meio em que vive, costumes e pessoas com envolvimento em ações como dança virtual e até produção coletiva de comidas típicas. Muitas unidades aproveitaram para realizar a programação Literarte que, este ano, apresenta o tema “Viva Cultura Popular Brasileira."


Considerada uma das principais programações do calendário letivo, a Literarte reúne estudantes em atividades diversificadas, voltadas para múltiplas linguagens. Ambas as programações têm como objetivo aproximar alunos e familiares da escola e contribuir com vivências para garotada da Educação Infantil. Entre as unidades está a Escola Municipal de Educação Infantil Norma Shirley da Silva Fernandes (Lagomar), que prossegue até a próxima sexta-feira (28), com Arraiá Virtual com sugestões que envolvem poesia, lendas, dança, arte e música folclórica para os 363 estudantes na faixa de dois a cinco anos.


Para o Ensino Fundamental, as atividades virtuais ligadas a cultura, contribuem para estudo dinâmico e lúdico dos estudantes, com abordagens em conteúdos como Artes, Educação Física, História e Geografia, gerando confecção de cartazes, maquetes, poesias e trabalhos com materiais recicláveis. A Escola Neusa Goulart Brizola (Barra) foi uma das que promoveu o “Arraiá Dendicasa” e o Literarte, com atividades ligadas ao folclore, artesanato, músicas, danças e confecção de máscaras. Todas as ações são divulgadas nas redes sociais e informativo da unidade, que atende a 561 alunos do 1º ao 5º ano .


Outras exemplos de escolas envolvidas com projetos culturais são o Ciep Municipalizado Leonel de Moura Brizola (Barra), que atende alunos da Educação Infantil ao 9º ano; e a Escola Municipal Dolores Garcia Rodriguez (Mirante da Lagoa), que mobilizou os alunos e profissionais na tradicional festa da roça.


Quanto a Literate, um dos exemplos é o Colégio Municipal Lions (Glória), que dividiu a programação por ano de escolaridade para melhor atender todos os alunos. O projeto interdisciplinar mobilizou toda a comunidade escolar. A unidade recebeu vídeos dos alunos realizando com os familiares receitas típicas, confeccionando brinquedos e dançando. Todas as ações são exibidas no Youtube da escola.


* Prefeitura de Macaé/Secretaria de Comunicação Social/Coordenadoria de Jornalismo/Fotos: Divulgação.















2 visualizações0 comentário